Quem hoje tem acima de 25 anos, com certeza se lembra do fenômeno musical chamado Mamonas Assassinas. Bastava ligar a TV aos domingos, seja no Domingo Legal ou no Domingão do Faustão e lá estavam eles.

Tudo começou com uma banda de rock chamada Utopia, inspirada no Legião Urbana e Cazuza. Mal sabiam que Utopia viraria Mamonas Assassinas e se tornaria um fenômeno.

A dupla formada por cinco integrantes sendo eles Dinho, Júlio, Bento, Sérgio e Samuel, além do carisma e bom humor, cantava músicas com trocadilhos que caiu na boca do povo.

Sucessos como Pelados em Santos, Robocop Gay e Vira-Vira se tornaram as músicas mais tocadas nas rádios nessa época. Além desse sucesso, o grupo bateu recordes na venda de discos por todo o mundo: mais de 3 milhões de cópias em menos de um ano.

De forma irreverente, os shows do grupo por todo o Brasil sempre contavam com a casa cheia. Os figurinos, a performance e o humor agitavam quem estava presente em um dos shows.

Mas um Acidente no dia 02 de março de 1996 acabou com a carreira e o sucesso promissor da banda.

Voltando de um show em Brasília com destino ao aeroporto de Guarulhos, uma forte neblina cobria a Serra da Cantareira, aproximadamente 10 km do local onde o avião iria pousar. Com a forte neblina, o inevitável aconteceu: o avião perdeu altitude, chocou-se na serra e caiu dentro da mata. Na aeronave estavam 9 passageiros, incluindo os cinco integrantes, um segurança, um assistente de palco e dois tripulantes.

A perícia realizada na época também aponta outro fator que contribuiu para a tragédia: o piloto estava trabalhando sem descanso por mais de 16 horas.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Polícia

Em entrevista para a Globo.com, a mãe de Dinho, hoje seguidora da igreja Assembleia de Deus, encontrou conforto para a perda na Bíblia. Segundo ela, “nada aconteceu que não fosse da vontade de Deus”. Ela ainda conta que no dia do acidente, o filho havia pedido para que ela e o pai o buscassem no aeroporto. Com a demora na chegada do avião, o desespero tomou conta. Ao procurar por informações, ela foi avisada de que o havia acontecido um problema com o avião e que a torre de comando havia perdido o sinal do avião.

Mais tarde, viria a notícia da tragédia.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo