Pelo quinto ano consecutivo, “Game of Thrones” entra na lista dos indicados do Emmy Awards, uma espécie de Oscar da Televisão americana. Em 2015, a série bateu o recorde de estatuetas ganhas em um mesmo ano e levou nada menos que doze para casa. Este ano, com a sua sexta temporada recém-finalizada, o seriado da HBO liderou, com vinte e três indicações. Sendo que seis estatuetas estão sendo disputadas pela atuação, e uma por melhor série de drama. Um verdadeiro sucesso.

No entanto, Game of Thrones já está fora da competição de 2017.

Por quê? De acordo com a academia, é necessário que ao menos seis episódios de uma série dramática ou cômica vá ao ar entre os dias 1º de junho e 31 de maio de 2017, e os showrunners anunciaram há duas semanas que a série, que estreava tradicionalmente em abril, será adiada. Recentemente, a HBO não apenas confirmou a revelação de David Benioff e Dan B. Weiss, como também anunciou que a série deve ser lançada no verão americano – à partir de 21 de junho – o que implica em perder a data para se classificar como concorrente.

A atriz que dá vida a Arya Stark nas telas, Maisie Williams, ganhou o favoritismo do público há anos, mas sua nomeação na categoria de ‘melhor atriz coadjuvante’ foi descoberta por ela no Twitter. Graças a uma publicação feita na conta oficial de Game of Thrones e em seguida comemorou em sua própria conta, extremamente surpresa: “Que p***a é essa? Alguém me ajuda!”.

A sétima temporada terá suas gravações iniciadas em janeiro de 2017, na Islândia e em outras três locações para que o inverno europeu seja aproveitado – afinal, este foi o motivo do adiamento.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Televisão Seriados

Os produtores já revelaram que o final da série está traçado e que eles podem escrever o último capítulo da última temporada – que se encerrará em 2018 - a qualquer instante. Vale citar que há um tempo, a dupla de showrunners, D&D, não parecia simpatizar nem um pouco com a ideia de continuar trabalhando no universo de Westeros, com séries derivadas de GoT, porém, em entrevistas atuais, demonstraram interesse em prosseguir com spin-offs, após 2018.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo