Na tarde de terça-feira (20), tornou-se público o divórcio de Angelina Jolie e Brad Pitt. A atriz teria pedido o divórcio por "diferenças irreconciliáveis" oficialmente, mas o motivo seria que ela não concorda com a forma que Pitt educa as crianças. A educação das crianças, na verdade, erao motivo da maioria das brigas do casal. Eles têm seis filhos.

Outro motivo para a separação que foi especulado foi traição.

O início de Brangelina aconteceu enquanto Brad Pitt estava com Jennifer Aniston. Ele acabou deixando a atriz de "Friends" e ficou com Jolie. Agora, o pivô da separação seria a atriz francesa Marion Cotillard. Algumas revistas de fofoca e tabloides já noticiaram há meses que Pitt e Cotillard estariam tendo um caso; os dois estavam gravando filme juntos. Não há confirmação sobre o assunto.

A revista People saiu em busca da informação verdadeira sobre o assunto e sobre Marion ser o pivô de tudo.

De acordo com as fontes da revista, a atriz francesa não tem nada a ver com o término de Brangelina. Ela e Pitt estrelarão o filme "Allied", drama sobre a Segunda Guerra Mundial.

A decisão do casal veio após Angelina contratar um detetive, de acordo com o New York Post."Ela sentia que Brad estava a enganando com Marion no set, e ao que parece ele estava mesmo. Isso foi a gota d'água", contou a fonte do New York Post.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

No filme com os dois, Pitt e Cotillard interpretam aliados secretos que começam a criar um relacionamento romântico enquanto planejam um assassinato de um figurão. O produtor do longa afirmou que os dois atores tiveram respeito imediato um pelo outro e que a química entre eles era "elétrica".Ele disse também que os dois passaram muito tempo desenvolvendo seus personagens.

Apesar de uma possível traição, a fonte da People garante que a decisão definitiva de Jolie de acabar o casamento não tem nada a ver com a atriz francesa Marion Cotillard.

Fontes afirmam que sua motivação foi o fato de não concordar com a forma que o ator educa as crianças. Ele é mais rígido e chega a gritar com as crianças às vezes, coisa que a atriz nunca faz.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo