A morte do ator #Domingos Montagner, após seu afogamento no rio São Francisco, mais conhecido como ‘’#Velho Chico’’, na cidade de Canindé, no dia 15/09/2016, deixou todos muito tristes.

O ator estava na cidade para sua última semana de gravações e, no dia do ocorrido, havia terminado de gravar algumas cenas. Após o almoço, decidiu dar um mergulho acompanhado da atriz Camila Pitanga, quando o acidente aconteceu.

Alguns dias depois da tragédia, a Rede Globo anunciou que irá pagar à família do ator uma indenização que será referente ao seguro que a emissora tinha com todo elenco da novela, com valor presumido entre R$ 1,5 milhão e R$ 3 milhões, além de mais alguns benefícios, incluindo bolsa de estudos, plano de saúde aos filhos, dentre outros que não foram divulgados.

Os familiares também receberão o valor integral do contrato do ator que venceria apenas em 2020.

Segundo algumas notícias, a família também irá receber uma indenização da prefeitura de Canindé, porém o valor pode demorar algum tempo para ser liberado.

A família Montagner mora em Embu das Artes – São Paulo, Domingos morava junto da sua esposa Luciana Lima e os três filhos do casal: Antonio, Dante e Leo. Durante um programa da #Rede Globo, uma carta foi apresentada a alguns atores da novela ‘’Velho Chico’’, onde a família Montagner dava forças a todo o elenco e pediu para cada um sentir a mesma alegria que Domingos teria pela finalização de um grande projeto. A carta foi assinada por Luciana e os três filhos.

Sobre o ator

Domingos Montagner Filho tinha 54 anos e nasceu em 26 de fevereiro de 1962, em São Paulo, em uma família de italianos.

Os melhores vídeos do dia

Em 1997, iniciou sua carreira no teatro formando uma dupla de palhaços e criou um grupo chamado ‘’La Mínima’’. Logo após, em 2004, foi um dos fundadores do Circo Zanni, como diretor artístico, e em 2007 entrou para TV e Cinema.

Atuações na Tv: 'Mothern' como João (2007); 'Força Tarefa' como Cabo Moacir (2010); 'A Cura' como Pai de Ezequiel (2010); 'Divã' como Carlos Alencar (2011);  Cordel Encantado como Capitão Herculano Araújo (2011); 'O Brado Retumbante' como Paulo Ventura (2012); 'Salve Jorge' como Zyah (2012); 'Gonzaga de pai pra filho’ micro série como Coronel Raimundo (2012); 'Joia Rara' como Raimundo Fonseca (2013); 'Sete Vidas' como João Miguel Oliveira Sanches (2015); 'Romance Policial Espinosa' como Espinosa (2015); 'Velho Chico' como Santo dos Anjos (2016).

No cinema, suas atuações foram: 'Paredes Nuas' (2009); 'A Noite dos Palhaços Mudos' (curta-metragem de 2012) como Palhaço; 'Gonzaga: de Pai pra Filho' como Coronel Raimundo (2012); 'A Grande Vitória' como Cesar Trombini (2014); 'Tarja Branca: A Revolução que Faltava' (2014); 'Através da Sombra' como Afonso (2015); 'De Onde Eu te Vejo' como Fábio (2016); 'Vidas Partidas' como Raul (2016); 'Um Namorado Para Minha Mulher' como Corvo (2016).

Domingos Montagner teve participação em um filme que está previsto para ser lançado em 2017, "O Rei das Manhãs", como palhaço e sua participação como protagonista estava incluída em um seriado da Rede Globo ''Carcereiros'', para ser lançada em janeiro. Com a morte do ator, a produção está em busca de um novo nome para que possa marcar uma nova data de estreia.