Desde ontem à noite, uma notícia inacreditável tem revoltado os fãs da cantora Ludmilla. Ela foi vítima de racismo em um programa de televisão da Record e decidiu agir. O apresentador Marcão do Povo, que estava à frente do "Balanço Geral", disse que ela se parece com uma "macaca" e deixou todo mundo de queixo caído. No Brasil, o racismo é considerado crime inafiançável.

Por conta de toda a repercussão, a Rede Record tomou uma atitude para penalizar o jornalista. O canal demitiu Marcão nesta quarta-feira.

Ele fazia parte do casting da Record no Distrito Federal, em Brasília. A emissora alegou que repudiou a atitude dele e não quer pessoas assim falando com seus telespectadores.

Por meio de nota, a emissora de Edir Macedo, bispo evangélico, disse que repudia a atitude tomada por Marcão à cantora Ludmilla, além de lamentar quaisquer transtornos causados com a repercussão da ofensa à família, amigos e fãs.

"Este tipo de conduta não está na linha editorial de nosso Jornalismo. Por este motivo, a Record TV Brasília optou por rescindir o contrato do apresentador Marcão", justificou o canal por meio de sua assessoria de imprensa.

Para "tapar" o buraco deixado pelo jornalista na grade de programação, a emissora convocou, às pressas, Dionísio Teixeira, que também é comunicador da casa. Percebendo os comentários negativos que o fato gerou, Marcão do Povo decidiu bloquear as suas redes sociais, deixando muitas pessoas revoltadas sem poder xingá-lo.

Contudo, pelo Twitter, ainda há muitos fãs de Ludmilla e pessoas que lutam contra o racismo indignadas.

"É um ridículo falar isso. No Brasil o racismo é uma piada. Somos miscigenados e não faz sentido esse preconceito todo", escreveu uma seguidora da cantora.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Televisão

Foram registrados comentários racistas em dois momentos. O primeiro aconteceu no dia 9 deste mês. O segundo foi no dia 17 de janeiro, quando ele se referiu à Ludmilla como "macaca" durante a apresentação do "Hora da Venenosa", quadro em que comenta sobre famosos.

Em sua fala, ele diz que Ludmilla é uma pessoa que "não dá para entender", pois sempre foi "pobre e macaca".

Veja o momento em que aconteceu a ofensa grave.

#ProcessaLudmilla

A cantora se disse indignada em seu Instagram. Ela falou que a ofensa sofrida pelo jornalista é um "desrespeito absurdo".

Durante toda a noite de ontem os fãs subiram uma hashtag no Twitter pedindo que a artista processasse o comunicador. Ela já garantiu que irá entrar com uma queixa contra Marcão do Povo.

O apresentador enviou uma nota à imprensa, dizendo que "macaco" é uma expressão comum de onde vem, e não uma ofensa.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo