São muitos os mistérios que rondam a vida da Rainha dos Baixinhos, Xuxa Meneghel, e agora também a sua filha sasha, isso porque a apresentadora sempre foi alvo de boatos envolvendo o seu nome pelo simples fato dela ser o centro das atenções, seja pelo que faz ou por onde ela passe.

Sasha, por sua vez, possui Tatuagens espalhadas pelo seu corpo de um modo que mais parece ser estratégico, por algum motivo que ninguém nunca soube e que sempre foi um mistério.

Por ser muito tímida, a jovem ainda não tinha falado sobre seus desenhos publicamente, embora muitas pessoas já haviam notado. Mas, recentemente, para o susto de muitos, ela resolveu se abrir e contar o significado das tatuagens em entrevista a um canal do YouTube.

Para a jornalista Lilian Pacce, Sasha contou que a mãe, Xuxa, insistiu para que ela fizesse as tatuagens. Segundo ela, a Rainha dos Baixinhos, começou a colocar tais ideias em sua cabeça, desde muito cedo, quando ela ainda tinha treze anos. O que assustou muito a repórter, por descobrir o quanto a loira era liberal.

Ao todo, Sasha tem três tatuagens em seu corpo: uma cruz em seu pescoço, um leão, símbolo do seu signo em suas costas, e uma flecha em sua perna, desenho este que fez junto com uma amiga, com a qual ela atualmente divide um apartamento em Nova York, nos Estados Unidos.

Segundo a filha de Xuxa, a primeira tatuagem que ela fez foi a cruz, que ela disse ter feito não por ser muito religiosa, mas por querer carregar consigo algo em que ela acredita, pois trata-se de ensinamentos que existem em seu coração.

Os melhores vídeos do dia

Dos três desenhos, ela diz que a cruz é a que mais a representa realmente, pois simboliza a sua vida e, além disso, sua mãe também possui o mesmo desenho, o que indica o quanto o símbolo é especial para as duas.

Já a flecha, Sasha fez junto com a amiga de infância e com quem agora vive no exterior. Ao falar sobre o desenho, a jovem famosa disse que não foi nada elaborado e que, no momento da escolha, lhe faltou criatividade, ou seja, ela acabou fazendo por impulso, por isso, não tem um significado específico.