Os problemas com o Big Brother Brasil parecem não ter fim. Se não bastassem a queda de audiência, a mudança no comando e a dificuldade em encontrar patrocinadores, o programa da Rede Globo foi alvo, nessa semana, de críticas explícitas por parte da vencedora da última edição, Munik Nunes, que no ano passado embolsou 1,5 milhão de reais.

Com a proximidade da edição desse ano, Munik concedeu entrevista ao portal UOL, onde reclamou do contrato que foi obrigada a assinar com a emissora, e que, por conta de diversas cláusulas, acabou perdendo muito dinheiro em contratos publicitários.

Ela também contou detalhes da vida em confinamento e disse que sua renda atual vem basicamente de conteúdo publicitário para a internet e outras atividades, dentre as poucas permitidas pelo vínculo com a Rede Globo.

Repercussão nas redes sociais foi imediata

Logo após a veiculação da entrevista no portal, as redes sociais repercutiram o assunto, com comentários críticos, seja ao próprio programa, seja sobre as declarações da jovem, que, para muitos, se mostrava ingrata com a fama conquistada através da exposição do programa.

Alguns julgaram a entrevista apenas mais uma jogada de marketing da própria emissora para promover e alavancar a edição deste ano, e a discussão promete durar vários dias.

Os fãs e admiradores de Munik Nunes também se manifestaram e exigiram maior transparência e liberdade para os “Brothers” e “Sisters” que participam da atração anual, e não pouparam críticas às imposições contratuais. Não é a primeira vez que ex-participantes se manifestam de forma explícita sobre os segredos do BBB, e o assunto é sempre motivo de muita polêmica.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
BBB Big Brother Brasil

Resta saber se o episódio irá interferir de alguma forma no programa de 2017, já que o formato se mostra um tanto desgastado e previsível, por conta da longevidade e da falta de grandes novidades na atração da emissora. Odiado por uns e amado por outros, o Big Brother Brasil entra em sua décima sétima edição já no “paredão”, pelo menos em relação à audiência.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo