Zezé Di Camargo é um das pessoas mais polêmicas do cenário artístico. O cantor sertanejo - vira e mexe - está envolvido em alguma 'treta', especialmente nas rede sociais. Atualmente, o ídolo do sertanejo está se relacionamento seriamente com a ex-dançarina Graciele Lacerda. O relacionamento deles foi exposto assim que o pai de Wanessa Camargo confirmou o divórcio com sua ex-esposa, a socialite Zilu Godói. No entanto, o público, no geral, não gosta muito de Graciele. Nas redes sociais, ela é acusada de ser amante do cantor, mesmo com os dois tendo uma relação exposta há alguns anos.

Publicidade

Graciele já deu entrevistas em que nega que tenha tido um caso com o cantor, quando ele ainda era casado. O mesmo foi revelado pelo artista, que em recente entrevista à revista Veja, no entanto, confessou que traiu a ex-esposa diversas vezes.

No entanto, nesta segunda-feira, 30, como mostra uma reportagem do site TV Foco, Zezé perdeu a cabeça e decidiu bater boca com um de seus seguidores. A moça questionou o fato de que o pai de Wanessa sempre dizer que Graciele não é sua amante, mas ao mesmo tempo nunca ter casado com ela.

Ele disse que não se casaria com a bailarina apenas para agradar os fãs e que não tinha esse visão de mundo tão conservadora. Pelo visto, o cantor é do lema "em time que ganha não se mexe".

De acordo com o cantor, as pessoas é que devem dizer o que é certo para elas. O irmão de Luciano disse que era uma pessoa transparente e verdadeira e que, exatamente por isso, não faria o que os outros achavam melhor para ele, mas sim o que o seu coração mandasse, tentando assim manter a felicidade, coisa aliás que ele diz com certeza ter mais agora.

Publicidade
Os melhores vídeos do dia

Ele ainda disse que os fãs precisam urgentemente separar o ser humano do artista e que, apenas, está tentando fazer o melhor para ele. O cantor ainda rejeitou o lema de que uma mulher para ser respeitada precisa, necessariamente, ser casada.

"Que pensamento mais retrógrado! Desculpe, isso pra mim é preconceito, hipocrisia. É falso moralismo”, detonou um dos maiores ídolos da música brasileira.