Segundo o Resumo dos capítulos da novela “A Terra Prometida”, Adonizedeque pretende usar Aruna para não ser atingido durante guerra contra Josué.

Nos capítulos que serão veiculados pela Record entre os dias 27 de fevereiro e 03 de março, uma nova guerra se aproxima entre os homens de Jerusalém e os hebreus. Adonizedeque consegue capturar Aruna, mas não a reconhece.

Quando o rei é informado de que a jovem encontrada desacordada é a esposa de Josué, ele ordena aos médicos que eles a curem. Recuperada após a ajuda de Deus, Aruna é encaminhada até a masmorra, onde faz amizade com Ula. Depois de muita conversa, a viúva de Kamir diz que servirá ao Senhor dos hebreus.

Mas a prisão das duas dura pouco. Abul tenta matar Adonizedeque envenenado, mas acaba ingerindo a bebida que preparou para o rei e começa a passar mal. Antes de morrer, Abul se dirige com dificuldade até a masmorra e liberta as prisioneiras.

Adonizedeque fica furioso ao saber que Abul soltou as prisioneiras e ordena que seus homens procurem por Aruna. Irritadíssimo, Adonizedeque diz que chegou a hora de enfrentar os hebreus.

Enquanto se dirige com dificuldade até o acampamento, Aruna encontra Tobias, que tenta mata-la com sua espada. Porém, os dois são localizados e os oficiais de Adonizedeque os levam presos.

Adonizedeque ordena que joguem os dois hebreus na masmorra. Mireu, Ula e Lina fogem em direção a Gilgal. Mireu pede ajuda a Josué e afirma que o rei pretende usar a esposa dele como um escudo humano na guerra contra Israel.

Os melhores vídeos do dia

Resumo dos capítulos da novela “A Terra Prometida”

Ainda segundo o resumo dos capítulos da novela “A Terra Prometida”, Adonizedeque descobre que Úrsula estava envolvida no plano de Abul de mata-lo. Então, o rei se aproxima e ordena que os soldados prendam Úrsula. Adonizedeque joga a filha no quarto secreto e, surpreendentemente, assim como o pai, ela passa a dialogar com os esqueletos da mãe e da avó, que ela descobre que estão mortas antes de passar a tramar contra o soberano de Jerusalém no folhetim.