Os próximos capítulos de A Lei do Amor reservam ainda mais emoções. Uma delas é o retorno de Aline, interpretada por Arianne Botelho, que voltará com visual diferente e uma ocupação polêmica: Garota de programa. Entre seus clientes, estará um personagem-chave da trama criada pela dramaturga Maria Adelaide Amaral e dirigida por Natália Grimberg: o banqueiro Tião (papel de José Mayer).

Mas prazer sexual não é (só) o que ele tem em mente. Ele certamente deseja chocar Magnólia Costa Leitão (ou simplesmente Mág, interpretada pela veterana Vera Holtz), a quem conseguiu convencer a casar-se com ele. Tião decidiu contratar os serviços de Aline para a noite de núpcias do casal - para horror da respeitável matriarca.

Arianne disse à imprensa que seu papel exige muito dela, especialmente por causa das cenas sensuais e das maldades que sua personagem costuma fazer. Com a transformação da moça em prostituta, mais cenas picantes e de ousadia são quase inevitáveis. A atriz está feliz com o que fez até agora e com a perspectiva de mais desafios no futuro próximo embora reconheça a responsabilidade de encarnar uma personagem tão complexa, tão rica do ponto de vista dramático e que vai interagir com muitos dos personagens mais importantes da história exibida pela Rede Globo: "Um friozinho na barriga sempre dá, mas eu estou encarando e agarrando essa oportunidade com unhas e dentes", disse.

É verdade que Arianne sabe por onde quer ir em sua composição da perigosa e audaciosa Aline. Segundo revelou, ela inspirou aspectos de sua atuação em Maria de Fátima, papel de Glória Pires na novela Vale Tudo.

Os melhores vídeos do dia

Outra referência para sua interpretação é a personagem vivida por Glenn Close, no filme atração fatal, com seu misto de sensualidade e crueldade. "Ela (a personagem de Close) é bem doida, então, eu bebi um pouco daquela fonte para trazer uma loucurinha para a Aline", explicou. Quanto à sua aparência, que cai como uma luva no papel de uma sedutora, ela garante que não faz dietas rigorosas e é "magra de ruim", mas admite que começou recentemente a frequentar uma academia para preservar a saúde - mesmo sendo magra, precisa se cuidar, disse.