Publicidade
Publicidade

O gêmeo Manoel tem dado o que falar durante a sua permanência no 'Big Brother Brasil'. Em apenas duas semanas, ele esteve nos principais embates do reality show da Rede Globo de Televisão. Após uma briga com o cirurgião Marcos neste domingo, 5, o participante decidiu ir rezar, sozinho, ajoelhado na escada. Minutos depois, Manoel, já em conversa no jardim, disse que iria bater em seu rival, após não gostar da brincadeira e do desentendimento do castigo do monstro. "Se ele pagar de bonzão e vir pra cima de mim, eu vou quebrá-lo na porrada", começou o gêmeo mostrando-se ser uma pessoa bastante agressiva.

Publicidade

Ele continuou a mostrar os seus argumentos e garantiu que as agressões não aconteceram por conta de sua mãe, que está vendo tudo do lado de fora. "Só não quebrei ele porque penso na minha mãe. Mas a vontade é socar a cara dele", disse o gêmeo de Antônio gritando no confinamento.

Após a 'treta' por conta do castigo do monstro, muitos telespectadores esperavam que os dois fossem juntos para o paredão. No entanto, o destino conspirou para que os dois barraqueiros continuassem na casa mais vigiada do país.

Primeiro a líder Emilly mostrou que veio para jogar. Ela fez as contas e percebeu que era possível colocar Vivian versus a amiga, Mayara, no paredão, e conseguiu. De qualquer forma, ela desarticulará o grupo visto como o do mal aqui fora. Emilly votou em Vivian e a casa dividiu-se. A metade colocou Marcos na berlinda. A outra parte preferiu colocar Mayara na disputa da preferência do público. Manoel estava imunizado pelo anjo Daniel, que chegou a titubear na hora de fazer a sua escolha.

Mayara ficou revoltada por a casa ter colocado ela e não o barraqueiro Marcos no paredão.

Publicidade
Os melhores vídeos do dia

Ele então fez um barraco com a líder, Emilly. A advogada falou que a gêmea era a rainha das falsas e que o cirurgião plástico era um "tarado", pois não podia ver nenhuma menina dançando.

Na sua opinião, quem vai deixar a casa mais vigiada do Brasil? Deixe o seu comentário! Ele é sempre importante para todos nós.