Fátima Bernardes realmente não anda em sua melhor fase. Recentemente foi noticiada a maré de azar que a apresentadora vive em seu programa matinal. Agora, a competente apresentadora escorregou nas palavras e foi colocada em situação de saia-justa algumas vezes na transmissão ao vivo do Carnaval 2017 do Rio de Janeiro.

A última delas aconteceu durante o desfile da escola de samba Mangueira, última a se apresentar na terça-feira (28). Já pela manhã, quando a escola entrou, Fátima elogiou Evelyn Bastos, destaque das escola, que usava uma fantasia pesando 15 quilos.

Publicidade
Publicidade

Logo após, a ex de William Bonner, destacou um detalhe na alegoria da verde-e-rosa. Ela citou um elemento que representava o sincretismo religioso.

Fátima comentou que na alegoria, de um lado estava São Sebastião e do outro lado, Oxóssi. Continuou dizendo que a arte original era de Leandro Barra, mas reforçou que o artista não faz mais trabalhos nessa linha pois havia se tornado evangélico.

Após as gafes. o comentarista e carnavalesco Milton Cunha fez uma cara de desaprovação e inconformismo com a afirmação.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Carnaval Fátima Bernardes

Imediatamente quando Fátima citou "Oxóssi" foi corrigida pelo carnavalesco. “Amada, não é Oxóssi não, é Oxalá", corrigiu Milton. Fátima já desconcertada logo em seguida fecha a gafe: "Ah, perdão! E São Sebastião? É São Sebastião de um lado?", pergunta Fátima. E novamente Milton a corrige: "não, é Jesus", finaliza o comentarista.

Claro que as redes sociais se inflamaram com as informações equivocadas de Fátima Bernardes. Muitos não conseguiam aceitar que a apresentadora do programa "Encontro" não soubesse diferenciar, principalmente, Jesus de São Sebastião.

Publicidade

O Tema foi Trend Topic no Twitter.

Outras gafes

Fátima já havia passado por outra saia-justa, quando questionou o carnavalesco da Paraíso do Tuiuti sobre o acidente com o carro alegórico da escola. Ela citava situações que tinham acabado de acontecer. O carnavalesco, que não tinha acesso a informação, chegou a parecer "grosseiro" quando deu a resposta. Como tudo é "ao vivo" não dá para editar.

Outro fato que chamou bastante atenção dos telespectadores, foi quando ela fez uma narração emocionada de um carro que parecia desgovernado e iria bater no estúdio. "Vai bater, vai bater... bateu" disse a apresentadora aflita.

Veja a repercussão nas redes sociais

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo