O clima do 'Big Brother Brasil 2017' (BBB 17) está esquentando. Com o tempo livre após a eliminação da última terça-feira, dia 21 de março, Marcos decidiu eleger um novo passatempo para se distrair. O concorrente ao prêmio da final decidiu montar uma armadilha para pegar passarinhos. Tudo ia muito bem até que ele foi pego de surpresa pela produção do programa, que encerrou com a "brincadeira".

O brother ficou revoltado com a atitude da produção do BBB 17 e disse que não entendeu bem por que eles desfizeram a arapuca para os pássaros que ele queria caçar no jardim do programa.

Publicidade
Publicidade

"Eles preferem que eu fique dormindo", disse o cirurgião plástico ao notar que ela não estava mais no local em que deixou.

Ilmar, advogado, tentou justificar a atitude dos responsáveis por cuidar dos brothers e disse que é perigoso e criminoso ter uma arapuca para pegar passarinhos ao ar livre. Ele alertou que a atitude deve ter sido uma orientação jurídica da consultoria da Rede Globo, que sabe que capturar animais silvestres é crime e tudo poderia acabar mal até mesmo para Marcos.

Publicidade

O brother discordou e perguntou ao colega de confinamento se é crime ter arapuca.

"É crime?", disse.

Ilmar falou que não é, mas se Marcos pegasse um animal se tornaria e as coisas poderiam ficar ruins.

Marcos não ficou contente com a justificativa e ficou revoltado com a atitude da produção do programa que retirou seu lazer no jardim.

"Eles acham que eu ia fazer maldade", questionou.

Os telespectadores estão rindo a toa por conta das brincadeiras de Marcos na casa.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
BBB Big Brother Brasil

Recentemente, para "se distrair", ele criou a maior confusão com uma ideia de usar camisinhas para se divertir.

Após isso, ele pensou na arapuca para passarinhos, o que desagradou os colegas de confinamento. Muitos disseram que é maldade com os animais prendê-los para se divertir. A caixa era deixada no local com uma isca para os bichos morderem. Alguns moradores disseram que era uma péssima ideia, pois poderia atrair ratos e insetos, que trazem doenças.

Ieda, aposentada, disse que se fosse a mãe de Marcos bateria nele com um chinelo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo