Muitas pessoas humildes e pobres tem um sonho, ganhar na loteria. Por isso, todas as semanas elas reservam uma parte do pouco dinheiro que tem para tentar a sorte. A grande maioria nunca ganhou, nem vai ganhar nada. No entanto, muitos parecem não tão preparados para, de fato, receberem altas quantias da Loteria. Uma entrevista realizada pela TV Bandeirantes do Maranhão, por exemplo, expôs um ganhador sincero. Ao questionar como o vencedor gastaria todo o seu dinheiro ganho, o repórter, ao vivo, ouviu que seriam com garotas de programa.

O homem do vídeo, cuja resposta viralizou é humilde. O nome dele é Ivanildo de Oliveira, morador da cidade de Imperatriz, no interior do Maranhão.

A TV local é uma das que promove o concurso 'Portal da Sorte - Pecúlio Premiável'. Para dar certeza aos consumidores que o prêmio é realmente pago, a Bandeirantes costuma exibir entrevistas com os vencedores. A emissora local, no entanto, provavelmente, não previa que o simples Ivanildo fosse realmente ser 100% sincero na hora da sua resposta, surpreendendo o repórter do canal, que simplesmente não teve outra coisa a fazer, a não ser cair na risada.

Ivanildo se deu bem na promoção. Ele ganhou um carro e uma moto 0 Km, avaliados em R$ 42.500,00. Ele pode, ao invés dos veículos, ficar com a quantia que eles valem. Para quem ganha pouco, R$ 42 mil é muito dinheiro. Aliás, nem ricos dispensaria uma quantia como essa. “Rapaz, primeiramente, eu vou dar uma brincada, gastar com as p*** uns bocados”, contou o vencedor da promoção que, em seguida, ainda questionou se havia algo melhor na vida.

Os melhores vídeos do dia

Veja abaixo a entrevista que acabou viralizando do homem pobre que ganhou na loteria. Segundo ele, parte do dinheiro será gasta com prostitutas. Na sua opinião, esse é o melhor caminho para gastar uma alta quantia de dinheiro, ou seria melhor alternativas que fizessem a grana durar mais tempo, como investir em um negócio? Deixe o seu comentário. A sua opinião é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas relevantes para a sociedade.