O bbb17 acabou e coroou Emilly como a grande vencedora do programa. A sister teve 58% de todos os votos computados (mais de 120 milhões no total), deixando para trás Vivian Amorim, a segunda colocada; e Ieda, a terceira. Segundo os números oficiais da Globo, a manaura teve 41% do total e Ieda cerca de 1%. Emilly levou a bolada de R$ 1,5 milhão para casa e já apareceu ostentando num iate logo depois que saiu da casa mais vigiada do Brasil.

Entretanto, os números geraram a desconfiança do público.

Publicidade
Publicidade

Vivian foi a mais citada do Twitter desde que a emissora abriu a votação. Também, Emilly contava, segundo apurado em redes sociais pelos portais EGO e 1News, com uma rejeição grande. Então como conseguiu uma vantagem de 20 milhões de votos em relação a Vivian? Essa pergunta, segundo consta no Portal Atualizado, Manaus Alerta e outros, poderá ser respondida em breve pelo Ministério Público. A possível fraude na apuração dos votos do BBB17 já agita os fãs de Vivian na internet.

Ministério Público pode investigar uma possível fraude na apuração de votos do BBB17.
Ministério Público pode investigar uma possível fraude na apuração de votos do BBB17.

Eles ficaram atiçados com a possibilidade, mesmo que remota, de que Vivian possa ficar com o prêmio.

Numa edição que ficou marcada pela presença da polícia na casa, parece que o resultado também deve se tornar um caso que envolverá órgãos de investigação. Primeiro foi uma acusação de Marcos a Ilmar, dizendo que a polícia esteve na casa do BBB17 procurando o advogado por conta de pensões não pagas ao filho. A Globo posteriormente negou a alegação de Marcos e disse que tal alegação poderia ter consequências do lado de fora da casa.

Publicidade

Logo depois, sim, a polícia esteve na casa, mas à procura do próprio Marcos. Após um clamor nas redes sociais, a Polícia Civil do Rio de Janeiro decidiu intervir no programa, ao receber denúncia de agressão moral e física à Emilly. O caso resultou na expulsão do médico.

E agora por fim,outro caso polêmico. Marcos, mesmo sendo acusado de violência e contando com uma grande rejeição, eliminou Marinalva num Paredão duplo recebendo um mínimo de votos.

A paratleta saiu da casa com a maior rejeição da edição, 77%. A grande diferença dos números colocou em 'xeque' o sistema de votação da Globo.

Logo depois, na votação da campeã, Vivian contava com apoio de praticamente todas as torcidas de ex-BBBs, inclusive de Munik, última vencedora do reality. Famosos e influentes também motivavam o apoio de seus seguidores à Vivian. Inclusive algumas enquetes davam um resultado muito apertado entre Emilly e Vivian.

Publicidade

Entretanto, quando o resultado final foi divulgado, a surpresa, uma diferença de quase vinte milhões de votos entre as competidoras.

O alto volume de votos gerou suspeitas e pode colocar de vez o sistema de votação e apuração de votos em descrédito.

Ainda segundo alguns portais, o prêmio poderia, inclusive, mudar de mãos caso constatada a fraude. A Globo também poderia ser multada. Tudo porque, parte dos votos, (SMS e telefone) são pagos pelo usuário e se o sistema fosse uma fraude, isso seria um crime contra a economia popular.

Publicidade

Em uma busca no site do MP do Rio, não foram encontradas informações sobre a possível investigação. A Globo disse desconhecer o assunto.

Leia tudo e assista ao vídeo