Publicidade
Publicidade

Após o caso de assédio envolvendo José Mayer vir à tona, novos relatos sobre a conduta duvidosa do ex-galã vem tomando conta da imprensa. O ator, que admitiu ter assediado a figurinista Susllem Tonani, também ultrapassou os limites com a atriz Camila Pitanga.

Segundo o que o jornalista Leo Dias informou em sua coluna, Camila foi quem incentivou Susllem a relatar o assédio ao DDA (Departamento de Acompanhamento Artístico), lugar em que tratam dos funcionários da emissora. Porém, tal atitude da atriz tem um motivo forte.

Publicidade

Para quem não se lembra, Camila e Mayer já trabalharam juntos e fizeram par romântico na novela Mulheres Apaixonadas, sucesso de Manoel Carlos exibido em 2003. E foi nesta época que a atriz começou a se queixar do colega de cena.

Para outros atores do elenco, Camila contava que Mayer não respeitava as regras e ultrapassava os limites, principalmente quando se tratava de beijo técnico. A atriz, então, notificou a diretoria da Globo, mas como não foi respondida, decidiu não falar mais no assunto.

Mexeu com uma, mexeu com todas

A manhã da última terça, dia 4, foi marcada por manifestações e apoio a Susllem. Personalidades da Globo se mobilizaram com um ato contra o assédio, que recebeu o nome “mexeu com uma, mexeu com todas” e “chega de assédio”.

Celebridades como Angélica, Drica Moraes, Luciano Huck e Deborah Secco postaram em seus perfis no Instagram fotos com os nomes do ato, em hashtags. A imagem viralizou e foi compartilhada por vários usuários de redes sociais, porém não mencionaram o nome do ator.

Publicidade
Os melhores vídeos do dia

Punição para o ator

O ex-galã estava escalado para a próxima trama de Aguinaldo Silva, O Sétimo Guardião, no horário nobre, prevista para ir ao ar em 2018. Mas a Globo decidiu afastar Mayer das atrações da emissora por tempo indeterminado.

Em sua defesa, o intérprete de Tião Bezerra publicou uma carta com pedido de desculpas a Susllem e a todas as colegas de trabalho. Mesmo assim, não amenizou a gravidade da situação.

Susllem Tonani ainda não se declarou após a repercussão do caso.