Publicidade
Publicidade

No início dessa noite, a TV Globo emitiu uma nota para o F5, da Folha, negando uma série de notícias falsas que circulam na internet, que afirmam que Ilmar, um dos ‘emparedados’ do Big Brother Brasil, foi procurado pela polícia por não ter pago pensão alimentícia.

Antes mesmo da emissora se manifestar sobre o assunto, internautas já estranhavam a distorção de um comentário que aconteceu dentro do BBB, pois quando uma pessoa deixa de pagar pensão alimentícia, a polícia não a procura para conversar sobre o assunto.

Publicidade

Como tudo começou

Marcos, que está na berlinda com Ilmar, teve uma acalorada discussão com vários colegas, na manhã dessa segunda-feira, 3. Durante a briga com o ex-amigo, Marcos disse que a polícia foi ao programa procurar Ilmar para pagar a pensão alimentícia em atraso e que o brother não tinha dinheiro. Marcos afirma que ofereceu dinheiro para o advogado e se sente traído.

O que realmente aconteceu

A TV Globo informou, através de sua assessoria que, no mês passado, familiares de Ilmar procuraram a emissora para pedir que buscassem, com o participante do BBB 17, uma senha bancária.

A emissora afirma que não houve qualquer envolvimento da polícia e que tudo foi resolvido, com intermédio da produção.

O advogado de Ilmar, João Victor de Souza Cyrino, informou que a pensão alimentícia está em dia e que a irmã e a mãe do brother só buscaram o programa, pois um número da conta bancária que ele deixou, para cuidar dos gastos durante a sua ausência, possuía um número errado.

A família decidiu buscar o número certo, pois o tio de Ilmar está fazendo quimioterapia e eles precisavam de dinheiro para ajudar a custear o tratamento.

Publicidade
Os melhores vídeos do dia

O advogado ainda salienta que a produção, por regra do programa, não pode falar sobre os assuntos externos com os participantes, logo, não contou para Ilmar o motivo dos familiares buscarem a senha correta da conta e que ele pode ter pensado se tratar da pensão.

Como funciona a falta de pagamento por pensão alimentícia

Não precisa ser um hermeneuta da lei para saber que o descumprimento da obrigação alimentícia dos filhos menores ou incapazes, é o único tipo de prisão civil que existe no país. Para tanto, não basta não pagar, é preciso que a parte que detém a guarda do dependente dessa pensão, venha a buscar amparo da lei, para obter os valores em atraso.

Quando isso acontece, a polícia não tenta negociar com o indivíduo que está inadimplente, mas o juiz determina, sua busca e apreensão, podendo, em muitos casos, fazer uma penhora online, evitando assim, a prisão civil. Não existe notificação amigável ou conversa.

Vale lembrar o caso de Roy Rosselló, o ex-Menudo que participou de A Fazenda, e saiu do programa para quitar débitos com a pensão alimentícia de uma filha adolescente. A TV Record pagou os valores em atraso e o artista retornou para o reality show.

Publicidade

Não houve notificação ou tentativa de acordo. Houve a busca e a apreensão do indivíduo para, diante da autoridade competente, resolver a sua situação.

Deixe um comentário com a sua opinião sobre o assunto!