Marcos Harter continua colhendo os frutos de sua conduta dentro do confinamento do BBB. O brother foi expulso do programa, virou alvo de investigação policial, foi notificado de uma ação que corre na justiça, desde 2013, contra ele, e ainda não participará do encerramento do Big Brother Brasil.

A informação foi dada por Tiago Leifert, que é o comandante dos confinados da 17ª edição do programa. O apresentador, entretanto, disse que Marcos está bem.

Publicidade
Publicidade

O brother está proibido de dar declarações para a imprensa e na quarta-feira, 12, apesar de estar rodeado de repórteres, não falou com nenhum deles, durante sua ida até uma delegacia de polícia, para prestar depoimento.

Ainda não foi informado se ele poderá falar, a partir de sexta-feira, 14, quando já não terá mais o reality show, entretanto, é esperado que ele não participe de programas da TV Globo, onde o elenco do BBB17 seja recebido.

Marcos teve problemas com vários participantes da casa, como Rômulo, Mayara, Manuel, Ieda e Ilmar.

Marcos Harter não participará da final do BBB 17 (Foto: Reprodução/TV Globo)
Marcos Harter não participará da final do BBB 17 (Foto: Reprodução/TV Globo)

Acredita-se que, assim como a emissora tem procurado não expor ainda mais, a situação do brother, não deve criar a saia justa de colocar todos os ex-confinados no mesmo ambiente que ele.

Investigações

Embora não seja réu de nenhuma ação por violência doméstica, é esperado que isso aconteça, em pouco tempo. A delegada do caso já afirmou que houve agressão e um exame médico comprovou que Emilly foi agredida. Além disso, imagens do comportamento do médico, são usadas contra ele.

Publicidade

Ao que tudo indica, assim que o inquérito policial for concluído, um juiz do Ministério Público do Rio de Janeiro, deve aceitar a denúncia e o cirurgião assumirá o banco de réus, mas sem o risco de ser preso preventivamente.

A reação de Emilly

A estudante continua triste pela expulsão do namorado. Ela disse que está de luto pela saída do médico e não reconhece que foi agredida. A produção do BBB, informou, através de Tiago Leifert, que conversou por muito tempo com a gaúcha, utilizando-se de advogados, especialistas e psicólogos, para conseguir chegar à conclusão de que Marcos Harter deveria ser expulso do programa, por ter cometido agressão contra uma mulher.

Processo

Marcos é alvo de um processo por danos morais, que corre na justiça desde 2013. Desde então, os autos ficaram parados, pois não era encontrada nenhuma forma de contatar o médico. Ao vê-lo no programa, a advogada da parte deu o endereço da TV Globo, para que Harter fosse notificado da ação. A parte autora quer uma indenização de R$50 mil, pelo uso indevido de sua imagem.

Leia tudo e assista ao vídeo