Parece que os problemas que essa edição do Big Brother Brasil teve só estão começando, e muita coisa ainda vai rolar mesmo após o programa ter acabado nesta quinta-feira (13) com a vitória de Emilly. Além do caso de agressão, onde a sister apresentará um depoimento à Delegacia de Atendimento Especial à Mulher no Rio de Janeiro, o BBB 17 está sendo alvo de outro inquérito. Segundo informações divulgadas na internet, o BBB está sendo alvo do Ministério Público do estado do Rio de Janeiro, que decidiu investigar a produção da casa mais vigiada do Brasil e que já deixa saudades em seus fãs que acompanharam a trajetória de todos os participantes por três meses.

Publicidade
Publicidade

Tudo começou quando Marinalva foi eliminada com 77% dos votos ao enfrentar Marcos Harter no paredão antes do brother ser expulso do BBB 17. Para a justiça, o programa está manipulando os resultados, pois esse índice mostra uma grande rejeição do público, que no caso de Marinalva, não aconteceu tanta rejeição o suficiente para ela receber quase oito a cada dez votos registrados pelo programa. Para a justiça, a produção pode ter alterado os resultados, favorecendo os participantes que eles mais gostariam de ver na casa .

Publicidade

Será realizada uma auditoria em relação aos números computados pelo programa, que vai receber a visita do Ministério público do RJ em breve. A justiça do estado só resolveu investigar o BBB 17 após Emilly ganhar o programa nesta última quinta-feira (13). A sister tinha uma torcida forte contra ela aqui fora, mas mesmo assim ela acabou consagrando-se a campeã do Big Brother Brasil 17. Para a justiça até o resultado da final foi manipulado, onde Vivian poderia ter sido a verdadeira campeã dessa edição do programa.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
BBB Big Brother Brasil

Quando a sister saiu da casa junto com Emilly e Marinalva, todos os participantes ficaram em volta dela e cantaram que ela era a verdadeira campeã daquela edição. A maioria dos participantes tiveram algum tipo de desavença com Emilly, que acabou sendo abraçada por sua família e sua irmã que não saía do lado dela de jeito nenhum. Após vencer o programa, a vida de Emilly e sua família deve mudar muito com o prêmio de 1,5 milhão de reais.

Caos a justiça confirme que a Globo está manipulando os resultados, a gaúcha pode ter problemas com o seu prêmio, que pode ir parar direto nas mãos de Vivian. O programa também poderá acabar após a justiça descobrir algo tão grave, já que uma fraude como essas pode acabar de uma só vez com a reputação do BBB, que está sendo acusado de modificar os resultados de paredões desta edição e também da final, que foi exclusivamente feminina.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo