No programa de ontem, o apresentador do BBB, Tiago Leifert anunciou uma novidade para o programa desta terça-feira, que promete, literalmente, "colocar fogo no parquinho". O sugestivo "jogo da discórdia" tratá quatro antigos participantes da competição, de acordo com notícia publicada no portal F5 da Folha-Uol, para "apimentar" o reality nessa reta final.

Os ex-BBBs Pedro, Roberta, Rômulo e Daniel serão recebidos no estúdio da atração por Leifert e deverão fazer perguntas aos ex-colegas de confinamento.

A intenção é "causar" mesmo e esquentar ainda mais os ânimos na casa.

Publicidade
Publicidade

O fim do trio

O paredão formado no último domingo, dia 02 de abril, teve um desfecho surpreendente, mas muito esperado pelo público. Após um grande desentendimento entre Emilly e Mamão que começou por conta de uma louça suja e terminou aos berros com Ilmar chamando Emilly de verme e a mandando calar a boca, enquanto Emilly chamava-o de ganancioso e desprezível, a aliança no jogo foi rompida e o trio acabou.

Publicidade

Marcos, como sempre, apesar de não concordar com o comportamento da gaúcha, preferiu ficar ao lado da namorada. Mamão não deu o braço a torcer, reiterou tudo o que acha de Emilly, ficou magoado com a situação, pois foi um dos únicos que apoiou a jogadora desde o início e acabou sendo indicado por ela, líder da semana, ao paredão.

O xeque-mate de Ieda

Emilly até que tentou uma negociação com Ieda para livrar o Marcos do paredão.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
BBB Big Brother Brasil

Ilmar já havia dito que votaria em Ieda. Com os dois votos de Vivian e Marinalva em Marcos, e dois votos, o de Marcos e Ieda na Marinalva, Emilly, como líder teria o poder de desempatar e mandar Marivalva ao paredão junto com Ilmar.

Mas, na hora da votação, Ieda surpreendeu, disse que não trairia o grupo com quem estava desde o início e não perdeu a chance de dar o terceiro voto a Marcos, que foi direto para a berlinda.

"O cara (Marcos) votou na Marinalva crente de que a Ieda ia votar com ele, e ela chega e diz 'aqui não, meu irmão'", disse Tiago Leifert aos risos após o resultado da votação.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo