Alexandre Frota, que já trabalhou como ator, diretor, produtor e estrelou até mesmo filmes pornográficos acaba de passar por uma situação inusitada em sua vida particular. De acordo com a própria personalidade, ele acaba de ser ameaçado de morte nas redes sociais por ser envolvido com política no Brasil. Alexandre é conhecido por sempre se meter com as questões atuais que tem sacolejado o país nos últimos tempos.

De direita sem negar jamais, o ator leu um juramento de morte nesta terça-feira, dia 4 de julho, em um perfil do Twitter. Segundo a pessoa que se escondida por trás de uma conta na internet, Alexandre Frota estava sendo vigiado e a promessa era de que invadiriam a sua casa e o queimariam vivo dentro dela.

Assustado, o artista disse à revista Quem o que fará para solucionar o caso.

Alexandre Frota envolve polícia em caso de ameaça pela internet

O ator decidiu ir para uma delegacia próxima a sua residência e relatar o que leu no perfil que o seguia.

“Estou indo para a delegacia de crimes cibernéticos. Estamos tomando todas as medidas legais cabíveis”, afirmou o ator.

“Eu recebo com tranquilidade porque todos os dias militantes de diferentes partidos me ameaçam, ameaçam minha família. Dizem que vão me pegar na rua”, contou o artista à publicação. Frota falou ainda para a 'Quem' que irá denunciar mais pessoas que tentarem ameaçar sua segurança.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

De acordo com o ator, essa é uma atitude que não deveria acontecer em nenhum caso.

Alexandre Frota ainda fez uma observação sobre sua participação na política do país. Segundo o artista, ele não compactua com a "corrupção sistêmica" que há no Brasil no meio político. Dessa forma, Frota conclui que não ficará amedrontado com ameaças.

Ameaças foram feitas por militante do PT?

Por meio do Twitter, o ator ainda chegou a responder a ameaça, retuitando-a.

De acordo com Frota, na ocasião, tratava-se de uma "militante do PT", partido de Lula e Dilma.

Nas buscas de Frota para denunciar o crime, ele descobriu que o tweet veio de uma pessoa de Rio das Ostras, no interior do estado do Rio de Janeiro.

Mais tarde, ele fez questão de tirar uma foto em frente à delegacia onde fez o Boletim de Ocorrência, posando com o documento para os seus seguidores conferirem em sua rede social.

Veja abaixo a foto publicada:

E você? O que faria no lugar de Alexandre Frota? Comente e compartilhe. Sua opinião é muito importante para nós da Blasting News Brasil.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo