O Fox Sports firmou uma parceria com o Grupo Globo e adquiriu os direitos sublicenciados da próxima Copa do Mundo, que será disputada na Rússia em 2018.

De acordo com informações do colunista Ricardo Feltrin, do portal 'UOL', o canal esportivo do Grupo Fox deve anunciar oficialmente o acordo com a Globo nos próximos dias. O contrato prevê a transmissão de todas as 64 partidas do Mundial.

O acordo entre Fox Sports e Globo vai se estender para outras competições. Em troca da Copa do Mundo, o Fox Sports vai ampliar a parceria com a emissora carioca para a Copa Libertadores para os próximos anos.

O SporTV, canal esportivo do Grupo Globo, também transmitirá a Copa de 2018 na TV fechada. A expectativa é que a emissora faça uma grande cobertura da competição em quatro ou até cinco canais.Além do Fox Sports, o Mundial da Rússia poderá ser transmitido por outros canais pagos. A informação é que ESPN e Esporte Interativo ainda estão negociando com a Globo, mas até o momento estão fora.

TV aberta

Enquanto na TV fechada a Globo já fechou com o Fox Sports, na TV aberta a situação é diferente. Até o momento, a emissora carioca não firmou parceria com ninguém e são grandes as chances de transmitir sozinha a próxima Copa do Mundo.

A Rede Bandeirantes é a única emissora que deseja transmitir o Mundial do ano que vem. O único problema, porém, é o alto custo para viabilizar a transmissão dos jogos. Por conta disso, a emissora está discutindo se é uma boa ideia fechar um acordo com a Globo, de quem já foi parceira no futebol até bem pouco tempo.

A Band estaria conversando com a Globo não apenas sobre a Copa do Mundo, mas também em relação à outras competições. As duas emissoras estão negociando um pacote, que inclui também os Estaduais e o Campeonato Brasileiro, entre outras competições nacionais do ano que vem.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Televisão

A emissora do Morumbi, no entanto, não aceitou a primeira oferta proposta pela Globo. A emissora carioca cobrou um alto valor - algo em torno de 50 milhões de dólares. A Band fez um grande corte de gastos este ano não tem esse montante para gastar. Isso só pode mudar se a Globo fizer uma proposta mais "generosa" e reduzir significativamente os valores.

Outro problema para a Band, além de pagar os direitos de transmissão, é montar uma grande equipe e erguer uma estrutura para a transmissão da Copa na Rússia, o que faria a emissora ter que desembolsar ainda mais dinheiro - fora o que teria que pagar à Globo.

Pelos direitos da Copa do Mundo de 2018, a Globo teria pago algo em torno de 120 milhões de dólares em acordo que envolve todas as plataformas (TV aberta, TV paga, rádio e internet). Por conta do alto investimento, a Globo está tentando revender os direitos para outras emissoras. Além da Band, a emissora negociou com a Record, que não teve interesse em adquirir os direitos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo