O último episódio da sétima temporada de Game of Thrones, intitulado O Dragão e o Lobo, foi ao ar neste domingo à noite (27) pela HBO e estabeleceu novos arcos e posicionamentos para importantes personagens da história baseada na série de livros Game of Thrones, de George R. R. Martin.

Com os indícios que os livros e a série trouxeram nos últimos anos, pode-se imaginar alguns dos pontos que irão acompanhar esta fantástica ficção medieval na última temporada, que está prevista para o final de 2018 ou começo de 2019. As gravações começarão em outubro.

Publicidade
Publicidade

Rainha Louca

Desde a morte de Joffrey Baratheon (Lannister), a Rainha Mãe, Cersei Lannister, caminha para a completa loucura de sua personagem. Tanto na série, quanto nos livros, o tempo em que ela ficou presa no Grande Septo de Baelor, a mando da Fé dos Sete, contribuiu para torná-la enfim louca.

A maior prova do fim de sua sanidade acontecer quando ela explodiu o Septo com quase todo o clã Tyrell e seus inimigos. Na sétima temporada, ela se mostrou ainda mais cruel ao fingir apoiar a causa contra o Rei da Noite, enquanto prepara suas defesas e reanexa territórios perdidos. Ela merecerá ainda mais a alcunha de Rainha Louca na próxima temporada, quando estará sozinha no Trono de Ferro.

Companhia Dourada

Para conseguir se defender da união entre Daenerys Targaryen e Jon Snow, Cersei mandou Euron Greyjoy em busca da Companhia Dourada, com o dinheiro do Banco de Ferro. A Companhia Dourada, nos livros, é um grupo de mercenários que sempre serviu aos propósitos dos Blackfire (família oriunda dos Targaryen, tentaram tomar o trono algumas vezes).

Isso pode significar um novo alinhamento do grupo, agora com as tropas Lannisters, mas ainda será uma guerra contra os dois Targaryens ainda vivos.

Publicidade

União dos Starks

Na sexta temporada, muitos Starks se reencontraram em Winterfell, Arya, Sansa e Bran, depois de se separarem na primeira temporada. Enfim, retornaram ao lar da família Stark. Mesmo Jon nunca tendo sido um Stark legitimado (e agora ter sido descoberto que ele é Aegon Targaryen), o reencontro dele com os irmãos é a muito esperado - ele só havia reencontrado Sansa. Terminou a temporada a caminho de Winterfell.

Fantasma

O lobo gigante de Jon Snow ficou de fora da sétima temporada por questões orçamentárias.

A temporada que mais mostrou dragões (com uma qualidade técnica visual muito realística), não pode contar também com os gastos de emular Fantasma.

Lembrando que Nymeria e sua alcateia estiveram presentes no reencontro de Arya com sua loba. No final da história, obrigatoriamente, o roteiro terá de apresentar Fantasma, provavelmente na luta contra os mortos.

Valonqar

Cersei Lannister vai morrer. Isso foi profetizado por Meg, a rã, nos livros e na série.

Publicidade

Ela seria morta pelo "irmão mais novo". Com o confronto entre ela e Jaime, é muito provável que seja ele, e não Tyrion, quem matará a Rainha Louca, pelos mesmos motivos que o levaram a trair sua lealdade ao último rei louco. Isso não quer dizer que Cersei sairá da série, visto que os mortos estão caminhando para o sul da Muralha.

Jonerys

O casal mais controverso da televisão mundial, enfim, foi confirmado na sétima temporada. Jon e Daenerys Targaryen, tia e sobrinho, estão oficialmente juntos.

Publicidade

Na próxima temporada, a relação incestuosa deverá ser de conhecimento não apenas dos dois, mas de todos os personagens do núcleo de Winterfell.

Um dos conflitos mais aguardados é o da legitimidade do Trono de Ferro. Será interessante ver como ambos irão lidar com a verdade sobre Aegon Targaryen.

A guerra que importa

A batalha entre os vivos e os mortos, enfim, terá sua conclusão. Após temporadas caminhando de um lado para o outro, os mortos cruzaram a Muralha na season finale da sétima temporada e caminham em direção aos castelos de Westeros.

Na guerra, que contará com Starks, Targaryens, Jaime Lannister e companhia, muitas deverão ser as perdas para justificar a ameaça. Provavelmente haverá a morte de personagens de menor importância, como Varys e Verme Cinzento.

Novo mundo

Além dos dragões, dos mortos e dos feiticeiros, Game of Thrones sempre foi uma série política medieval. Com a resolução do impasse entre Jon (Aegon Targaryen) Snow e Daenerys Targaryen, uma nova ordem política deverá se instaurar para o novo mundo. "Quebrar a roda" é uma das promessas de Dany.

O mais provável é que uma democracia seja predominante nos Sete Reinos, e o rei designe os protetores regionais. Sansa comandará o Norte. Sam Tarly comandará o Oeste. Gendry Baratheon comandará o Sul.

Também será estabelecido quem liderará os Sete Reinos, o Dragão tem três cabeças: Jon, Daenerys e Tyrion deverão ser os líderes do novo mundo.

Leia tudo