Considerado um dos grandes nomes do humor nacional, o ator e comediante Paulo Silvino faleceu na manhã desta quinta-feria (17), aos 78 anos de idade, em sua própria residência, localizada na Barra da Tijuca, zona Oeste do Rio de Janeiro.

Conhecido nacionalmente por diversas vezes ter comandado o extinto programa de auditório, 'Cassino do Chacrinha', Paulo também foi presença marcante na 'Escolinha do Professor Raimundo'. Seu papel mais recente, e que lhe rendeu ainda mais fama na televisão, foi interpretando o porteiro Severino, que a todos dizia: 'Cara crachá', no famoso programa humorístico da Rede Globo, 'Zorra Total'.

Silvino lutava, desde novembro de 2016, contra um devastador câncer no estômago.

Dono de um dos bordões mais conhecidos do 'Zorra', Paulo Silvino também chegou a interpretar o personagem Alceu, famoso por seu jeito mulherengo de cobiçar todas as mulheres por onde passava. Muito querido do público, bem como entre os demais artistas e amigos de emissora, diversas homenagens seguem sendo feitas pelos ex-companheiros de trabalho, que ao ficarem sabendo do falecimento do ator, compartilham imagens e mensagens emocionantes nas redes sociais em memória do colega.

Ele, que já havia sido submetido a uma cirurgia em julho de 2016, para extrair o adenocarninoma (tumor maligno semelhante a uma glândula mediana do corpo humano), foi diagnosticado com câncer no estômago, apenas em novembro do mesmo ano. Após a cirurgia, que foi vista como bem sucedida pela equipe médica, Paulo Silvino, que sempre se mostrou um homem forte e valente, encarou seu estado de saúde, assim como levava a vida, com muito bom humor.

Ainda no centro cirúrgico, o ator havia despertado da anestesia e indagado os médicos se já havia terminado. O relato foi dado por ele durante uma entrevista cedida recentemente ao programa dominical da Rede Globo, 'Fantástico'. Recordando a trajetória de Silvino, o ator explicou sobre a doença e relatou bastante esperança, ao citar a cirurgia que havia feito para a retirada do tumor.

Embora ainda visivelmente abatido, Paulo Silvino comentou, muito bem humorado, sobre o procedimento cirúrgico pelo qual havia passado afirmando: ''Os momentos que antecederam a cirurgia foram de tensão, realmente foi uma barra, mas rapidamente despertei de tudo o que havia passado e, bem-humorado, fui logo perguntando pra equipe que estava a minha volta: 'ué, já acabou'?''

Não perca a nossa página no Facebook!