Há um ditado bem comum na língua portuguesa, o qual fala que “o mar não está para peixe”, significando em linguagem figurada que as condições estão turbulentas ou adversas para qualquer criatura, inclusive para os peixes adaptados ao ambiente de origem.

Guardando-se as devidas proporções e simbolismos, pode-se afirmar que não só o mar, mas também os rios e até mesmo as lagoas, não estão de fato para peixe literalmente falando, principalmente se o ator da Rede Globo de televisão, Henri Castelli, estiver na área.

Mas como assim? No que Castelli é um fator desagregador a Natureza e as diferentes espécies de seres vivos e criaturas existentes nos variados ecossistemas terrestres e aquáticos?

Em um momento que parte da humanidade luta para defender o planeta Terra com a intricada rede de vida, que está ameaçada de extinção, principalmente pela atuação predatória do ser humano, o ator “famosinho” da Globo, teve a audácia de um gesto inconsequente contra uma vida animal indefesa, que para agravar ainda mais o caso, se encontra em extinção.

Na última sexta-feira, dia 11 de agosto, Henri Castelli postou uma foto em uma rede social dele com um peixe morto e amarrado na garupa de uma moto, peixe esse que foi pescado por ele próprio.

Obviamente que não deu outra, pois a postagem com o animal naquelas condições, acabou provocando uma série de protestos e críticas bastante ácidas em relação ao global.

Tudo porque especialistas em vida marinha puderam identificar o peixe morto por Henri Castelli como um mero.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Natureza

Para quem não sabe, essa espécie encontra-se em uma escala máxima de perigo, ameaçada de extinção.

Não é à toa, então, que a pesca do mero em águas brasileiras está totalmente proibida há exatos 15 anos.

A título de curiosidade e esclarecimento, o mero é o nome atribuído a um peixe pesciforme, pertencente à família dos Serranídeos e que comumente habita as águas tropicais e mais quentes dos oceanos Atlântico e Pacífico.

Trata-se de um animal de grande porte, o qual pode chegar facilmente aos 3 metros de comprimento e pesar aproximadamente 400 quilos. A cor do peixe é castanha, possuindo manchas mais escuras, de tonalidade negra; sendo que, a cabeça do animal tem cor mais clara. Geralmente vive próximo as áreas rochosas dos oceanos e tem a carne muito procurada para degustação.

Não se pode esquecer em momento algum que Henri Castelli é um artista conhecido, formador de opinião, que produz notícias quentes, tendo se tornado desde o dia 11 num péssimo exemplo de respeito à diversidade de vida e a natureza.

Ator Henri Castelli é alvo de críticas após pescar inconsequentemente peixe ameaçado de extinção

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo