Casados há onze anos, os globais Caio Blat e Maria Ribeiro voltaram a ser notícia na tarde desta terça-feira, (22), por conta de uma entrevista que a atriz concedeu a revista “Vogue”, falando sobre vários assuntos, inclusive sua vida amorosa com o ator.

Maria, que foi clicada chegando de mãos dadas com o marido no Festival de Cinema de Gramado no último final de semana, declarou que os rumores de que estaria vivendo uma crise em seu casamento não procedem, e que está tudo muito bem entre eles.

“Estamos casados há 11 anos, tivemos uma crise, ficamos separados por alguns meses, mas acabamos voltando e está tudo bem.”, disse Maria, que completou dizendo que não se preocupava com isso, pois a “fofoca” estaria no pacote de sua profissão.

Ela também comentou os boatos de um suposto caso dela e do ator Eduardo Moscovis: “Acho graça, é surreal”. Na época, ela já havia negado qualquer envolvimento com o colega de trabalho.

Em junho deste ano, Maria publicou uma foto na qual trocava um “selinho”, com a também atriz Carolina Dieckman em protesto contra a homofobia, e surgiram boatos de que ela seria bissexual. Sobre isso ela comentou: “Eu mais gostaria de ser, do que sou, embora acredite que todo mundo seja bi”.

Hoje aos 41 anos, ela também revelou que já foi consumista e que hoje sente mais prazer doando do que comprando, e que se desfez de boa parte de suas roupas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Cinema

Atualmente, também tem atuado como escritora. Ela conta que escreve de tudo, roteiros, livros, legendas e tudo que pode. E também está prestes a estrear nas telinhas dos cinemas, com o longa, “Como Nossos Pais", em que atuou com Clarice Abujamra, Paulo Vilhena, Jorge Mautner e Thaila Ayala.

No filme, ela interpreta “Rosa”, uma mulher de 40 anos, que esta avaliando sua existência, é feminista e vive um conflito familiar com a mãe.

“Sabe quando você sente que fez um dos papéis de sua vida?”, derrete-se Maria, ao falar sobre a personagem. “Ela questiona sua trajetória. O filme trata de assuntos primordiais como o feminismo", completa a atriz.

O filme foi vencedor no prêmio de público no Festival de Cinema Brasileiro de Paris, e também foi muito aclamado no Festival e Berlim, tem estreia prevista para o final de agosto no circuito nacional.

Muito dinâmica e desafiadora, ela também está com um projeto paralelo no teatro, estreando com a peça: “Ensaio Sobre Alguma Coisa que a Gente Ainda não Sabe o Que É”. Onde atuará ao lado da amiga Carolina Dieckman e o músico Pretinho da Serra. “Somos amigos há muito tempo”, diz ela sobre os colegas de elenco.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo