O 'Encontro' é um dos programas da Globo que é apresentado ao vivo e por conta disto, Fátima Bernardes acaba tendo que administrar diversas situações que somente a TV 'ao vivo' exige. Seja a gafe de convidados, ou da própria apresentadora. Quase toda semana acontece algo polêmico ou que foge do roteiro do programa. Quem não se lembra, por exemplo, das Irmãs Galvão, que erraram a letra e 'discutiram' ao vivo?

Ou os tombos que Fátima Bernardes levou dançando? E Baby do Brasil que precisou ser interrompida por Fátima porque não parava de falar? Fato é que programa ao vivo estará sempre suscetível a acontecimentos engraçados ou constrangedores.

Desta vez, uma discussão entre dois atores renomados foi a polêmica da semana. Nesta quinta-feira,17, o programa 'Encontro' de Fátima Bernardes recebeu os atores Alexandre Nero e Betty Faria no estúdios.

Tudo ia muito bem e os dois eram só elogios entre si, até que um assunto polêmico entrou em pauta e levou os dois a divergirem as opiniões e travarem uma discussão no programa.

Alexandre Nero e Betty Faria discutem ao vivo na TV por pensão alimentícia

O assunto da pauta era separação de casais e pagamento de pensão alimentícia por parte do pai. Betty Faria tinha uma opinião divergente de Nero e os dois começaram a discutir ao vivo.

A posição de Nero era à favor das mulheres. Já Betty defendia que mulher tem que trabalhar e não depender de pensão do marido.

A atriz chegou a chamar a causa (de mulheres que cobram pensão de maridos) de 'nhenhém', já que em sua visão as mulheres buscam seus direitos e tem que ter também seus deveres. O principal deles seria trabalhar e obter seu próprio dinheiro e não viver apenas às custas da pensão paga pelo marido.

"A mulher tem obrigação ética-moral de mostrar aos filhos como uma mulher bacana deve ser. É assim que existe o respeito do homem pela mulher", concluiu.

Já o ator refutou a ideia e disse que conforme Betty havia se expressado, estaria dando a entender que a mulher é culpada por buscar um direito na Justiça. Ele defendeu que as mulheres podem e devem buscar o direito à pensão alimentícia dos pais que se recusam a pagar.

Ele ainda lembrou que o pai é tão responsável pela criança quanto a mãe, inclusive nas despesas. Nero então defendeu que a mulher processe sim o ex que não paga pensão.

A discussão precisou ser encerrada pela apresentadora.

Assunto repercutiu nas redes sociais

A posição de Alexandre Nero recebeu diversos elogios pela internet. Principalmente em se tratando de um homem defendendo o direito de uma mulher.

'Um homem nos defendendo com unhas e garras enquanto uma mulher tão bem vivida tem uma posição tão arcaica', disse uma internauta.

Já a posição de Betty Faria foi criticada por mulheres: 'Uma mulher tão esclarecida dando uma opinião destas na TV, é de lascar', disse outra internauta.

E você? Qual sua opinião? Comente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo