Chris Brown ainda não superou a maior polêmica de sua carreira, já se passaram sete anos e o rapper ainda não conseguiu passar por cima de seu erro.

O rapper resolveu criar um documentário sobre sua vida, que já está sendo divulgado pelo mundo todo. Nele contou com detalhes sobre o seu maior pesadelo, o cantor relata a agressão que cometeu à sua ex-namorada Rihanna, e afirma que foi a cantora que no meio de uma discussão partiu para o ataque e ele erroneamente revidou.

"Pelo o que eu me lembro, ela me agrediu dentro do carro e tentou me chutar, e eu no reflexo a acertei com um soco e isso fez com que os lábios dela se abrissem. Quando caiu a ficha do que eu tinha feito, eu fiquei em choque. E comecei a me perguntar o porque de bater nela." afirmou o rapper.

No vídeo conseguimos ver o quanto Chris fica mexido em relembrar esse dia, percebemos isso pela mudança no tom de sua voz e no seu olhar.

A continuar seu relato sobre o ocorrido, ele conta que antes dela cuspir sangue em sua cara, ele a mordeu no braço, a empurrou, e com isso ela machucou a cabeça.

"Depois do ocorrido, ela passou a me odiar, tentei de tudo, mas não tinha mais como reconquistar a confiança dela e isso só aumentou as agressões verbais e físicas entre nós dois. Fiz vários shows com arranhões espalhados pelo rosto, chegando a usar maquiagem para disfarçar."

"Vi minha vida se transformar em um inferno saí do topo das paradas, para o inimigo número 1 do mundo.

Me sentia um monstro, não conseguia dormir, mal comia e pensei várias vezes em suicídio."

A agressão ocorreu em fevereiro de 2009

Rihanna iria se apresentar no Grammys Awards, mas precisou cancelar sua presença. Com isso a mídia começou a investigar o porque do cancelamento de última hora da cantora, de início divulgaram que ela tinha sofrido um acidente aéreo. Mas logo depois os rumores sobre a agressão começaram a invadir as mídias, que logo descobriram o verdeiro motivo.

Em junho de 2009 ele se declarou culpado, e foi condenado a 5 anos de liberdade condicional, ele teve ainda que se inscrever num programa contra violência doméstica e cumprir serviços comunitários de 180 dias.

Em 2013 eles tentaram reatar o namoro e passar por cima do ocorrido, Rihanna chegou a defender a reconciliação em uma entrevista que cedeu para a revista "Rolling Stone", fazendo declaração que não se deixaria ser influenciada por opiniões externas, e que se fosse um erro, o mesmo seria dela.

Rihanna na época ainda declarou que "Ele pagou pelo erro que cometeu, e acredito que ele não irá voltar a repeti-lo". Porém algum tempo depois o romance chegou ao fim.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo