O trio de apresentadores da Rede Record estaria em um verdadeiro "pé de guerra". Os jornalistas que apresentam o "Domingo Espetacular" não estariam se entendendo e causando um clima tenso nos bastidores da emissora de Edir Macedo. A disputa seria entre as apresentadoras Thalita Oliveira e Janine Borba, contra Paulo Henrique Amorim. As informações foram dadas pelo colunista da "Uol", o jornalista Flávio Ricco.

O clima tenso gerou grande mal estar que até a direção jornalística da Record está por dentro do que anda acontecendo nos bastidores de seu programa. O diretor de comunicação da Emissora, Celso Teixeira, foi procurado para dar informações sobre o caso, mas segundo ele, não é possível responder sobre um "caso em específico". Por outro lado, o diretor deixa claro que a Rede Record tenta apurar todos os casos que chegam na mesa da direção, seja qualquer tipo de reclamação.

O assunto se mantem "escondido" dentro da emissora, mas há informações de que já estão tomando atitudes para conter a situação desagradável. A alta direção do canal já deu um alerta, afirmando que casos de assédio moral não serão aceitos e episódios desse gênero deverão ser avaliados.

Paulo Henrique Amorim polêmico

O apresentador do "Domingo Espetacular" já foi alvo de muitas controvérsias dentro da Record.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Televisão

No início desde ano, a emissora de Macedo teria sinalizado que pretende substituir o apresentador. Havia até mesmo outros nomes que poderiam ocupar o lugar de Amorim, como os de Roberto Cabrini e César Filho. A Record não estaria vendo o trabalho de Amorim como antigamente. O apresentador é conhecido pelo bordão "oi, tudo bem?".

Um grande crítico, que já se envolveu em inúmeros episódios ligado a política brasileira, Paulo Henrique Amorim criticou a Rede Globo, avaliando que o maior canal de comunicação brasileiro iria simplesmente "acabar".

Na opinião de Amorim, o Google é o maior concorrente da Rede Globo, e após a morte do fundador global, a emissora só tende a ir para o seu "fim".

Amorim disse que os filhos de Roberto Marinho não teriam "cacique" para concorrer no ramo de entretenimento devido a tantas mudanças tecnológicas dos últimos tempos. Para se justificar, o jornalista citou que a empresa "Netflix" tem um número de participantes superior à Televisão paga nos Estados Unidos.

Além de criticar a Globo, o apresentador também já fez textos comentando sobre o governo do presidente Michel Temer.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo