O ator Dado Dolabella foi preso nessa quinta-feira (17) em sua residência no Rio de Janeiro por conta de sua dívida de pensão alimentícia que deveria ser paga ao filho Eduardo, fruto de sua relação com Fabiana Neves.

Segundo informações divulgadas pela assessoria de imprensa da polícia carioca, o ator tem um acúmulo de dívidas de pensão alimentícia de quase 200 mil reais. Esse valor é cobrado por Fabiana Neves para os cuidados com o filho Eduardo.

Os policiais fizeram plantão na porta do apartamento do ator, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Eles ficaram das 9 horas da manhã até as 13h, mas ninguém atendeu a porta.

No entanto, depois de tanto tempo, e considerando que os policiais já tinham se retirado, Dado abriu a porta para sair de casa, e foi preso no ato.

O ator chegou a declarar para a imprensa que ajuda com o que pode, e que considera os filhos as prioridades de sua vida.

Ator afirma que valor exigido não condiz com sua condição atual

Em declaração à imprensa, Dado ainda afirmou que o valor de 196 mil cobrado por Fabiana refere-se a um antigo contrato de trabalho que o ator tinha, e que por isso foi solicitado que o valor seja revisto e adequado às condições financeiras atuais.

Ele ainda é pai de outras duas crianças, Maria Flor, fruto do seu relacionamento com a produtora Juliana Wolter e João Valentim, do seu casamento com Viviane Sarahyba.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Ele alegou que todas as crianças estão amparadas com o seu apoio, e que os advogados estavam tratando as questões relacionadas a Eduardo na Justiça.

Ator foi solto na madrugada, e voltou para casa sem acertar o valor com a ex-mulher

Às 4h30 da manhã, no entanto, o ator foi liberado e saiu da delegacia rumo a sua casa. Ele se diz chocado com o que aconteceu, e garante que foi pego de surpresa.

O advogado André Fróes, que defende o ator, disse que corre um processo em segredo na Justiça para rever os valores cobrados, e para reajustá-los com a condição atual de autônomo, e não mais como contratado, com salário fixo.

O montante da dívida refere-se a vários meses de pensão atrasada. A mãe do ator, Pepita Rodrigues, recebeu com alívio a informação de que o filho seria liberado, e alegou que a prisão foi ilegal.

Em entrevista ao jornal EXTRA, Dado disse que paga quando pode a pensão, e que foi surpreendido pelo mandado de prisão. O pedido foi expedido por Marco Antônio Cavalcanti da Silva, da 1ª Vara de Família da Barra da Tijuca.

Dado Dolabella passou a madrugada na delegacia da Rocinha, e foi fotografado por paparazzis no momento da liberação.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo