Dado Dolabella se envolveu em uma nova polêmica no início da tarde desta quinta-feira (17). Muito conhecido por suas desavenças familiares, o ator acabou sendo preso pela polícia civil ao sair do seu apartamento em Copacabana, zona sul do Rio. Dessa vez, o que motivou sua prisão foi o não pagamento de pensão alimentícia ao seu filho Eduardo Neves Dolabella, fruto de seu relacionamento com Fabiana Vasconcelos Neves.

Tudo indica que Dado já desconfiava de sua prisão e decidiu se resguardar dentro do apartamento.

Dado não atendeu os policiais que bateram em sua porta. Eles ficaram no local das 9h às 13h. Pensando que os policiais tinham ido embora, Dado saiu do apartamento, momento que foi preso.

Segundo informações do site Purepeople, o ator tem uma dívida de, aproximadamente, R$ 190 mil com a ex-mulher. Ele estava em dívida há dois anos. "Na verdade isso é uma coisa que é um processo, que está em curso e já foi pedido um revisional. Esse valor que inclusive está sendo pedido no processo é de acordo com um contrato que eu recebia um salário por mês, que não existe mais, então, isso aí está sendo revisto", disse o ator.

Procurada para comentar o caso, a mãe do ator disse que o filho não tem condições financeiras suficientes para arcar com a dívida. Para ela, o que estão fazendo com o filho é injusto e cruel. Ela diz que Dado tem um advogado que há 1 ano está pedindo a redução do valor da pensão por não ter dinheiro. “O Dado não está trabalhando. Ele faz um bico aqui, outro ali, mas não consegue algo fixo”, disse Pepita Rodrigues, mãe do ator.

Dona Pepita falou ainda que o filho estava indo ainda hoje para Belo Horizonte fazer um trabalho de quando foi preso. A prisão de Dado e outras polêmicas que ele se envolveu, segundo a mãe, o atrapalharam a arrumar trabalho na TV. “Eu queria poder ajudar, mas a minha empresa faliu. Também não tenho dinheiro", explica Pepita.

A mãe do ator também falou sobre o prêmio de R$ 1 milhão que ele ganhou no reality show “A Fazenda”.

Ela comentou que nunca chegou esse valor nas mãos do ator e que o máximo que ele recebeu do prêmio foi R$ 700 mil, que foi investido em uma residência.

Vale lembrar que Dado ainda tem uma indenização de R$ 40 mil reais (na época), para pagar para a camareira Esmeralda Honório. O ator acabou batendo na camareira na intenção de agredir Luana Piovani, na época sua namorada. O caso aconteceu em 2008 e, hoje, a dívida está em, aproximadamente, R$ 100 mil. Dado já foi intimado para fazer penhora dos bens, porém, não compareceu.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!