A guerra pelo Trono de Ferro já não é mais a principal. Agora, Daenerys Targaryen tem total certeza que os White Walkers existem e o custo por isso foi muito caro: a morte de seu dragão Viserion. A guerra agora é pela sobrevivência, ou seja, dos vivos contra os mortos.

O sexto e penúltimo episódio da sétima temporada de Game of Thrones foi intitulado de Beyond the Wall, em português: Além da Muralha. A missão extremamente perigosa de Jon Snow de capturar um White Walker vivo para convencer Cersei Lannister a juntar forças para lutar contra o Rei da Noite não saiu como o esperado, mas no final das contas deu certo.

A aparente solução para destruir o exército do Rei da Noite surgiu durante a expedição de Jon Snow com Sandor Clegane (O Cão de Caça), Gendry, Jorah Mormont, Tormund, Beric, Thoros e mais alguns homens. Quando chegam perto de onde o Cão de Caça teve suas visões no fogo, eles se aproximam de um pequeno grupo de White Walkers.

A maioria deles morre quando Jon Snow mata o que parecia ser o líder daquele pequeno grupo de mortos. Todos ficam surpresos e começam a especular que o principal que foi morto transformou em White Walkers todos aqueles que morreram junto com ele naquele momento.

Sendo assim, se um líder dos White Walkers morrer, todos aqueles que ele transformou também morrem. Quando Jon Snow e os outros ficam encurralados no rio congelado, Beric conversa com ele sobre o Rei da Noite e começam a até a falar de um plano. Jorah vê o Rei da Noite junto com seus generais montado em cavalos. Ele fala que, seguindo a lógica anterior, se eles matassem o Rei da Noite, o exército todo de White Walkers seria morto instantaneamente.

Apesar de ter sido óbvio e perceptível, essa pode ter sido a solução mostrada para vencer a guerra contra os mortos. Levando em consideração a aceleração de ritmo da série, todos os diálogos são necessários e úteis. Mas o problema obviamente será matar o Rei da Noite, que demonstrou friamente ser o vilão mais forte e poderoso de Game of Thrones.

Mas, até lá, se ele for morto ou não, se saberá que, com sua morte, seu exército (ou grande parte) também será destruído.

Isso facilitará a vitória na guerra, já que não teriam problemas em matar também o gigantesco exército de mortos.

Game of Thrones se aproxima do final da sétima e penúltima temporada da série, faltando apenas um episódio para exibição. O próximo e último episódio desta temporada será lançado no dia 27, às 22 horas, na HBO.

Não perca a nossa página no Facebook!