Helena Tannure é ex-integrante da banda Gospel mineira diante do trono, liderada pela cantora evangélica Ana Paula Valadão. Helena esteve como back-vocal do ministério de louvor por pelo menos 10 anos, antes de sair para se lançar como conferencista e palestrante, rodando inúmeras cidades Brasil afora.

Além de integrante do DT, Helena também é amiga íntima de Ana Paula, e aproveitou sua palavra na conferência "As aparências enganam" para falar um pouco sobre como a mídia e o público acabam tendo uma imagem errada da líder do Diante do Trono.

A palestra foi dada na conferência que se realizou na cidade de Americana - SP.

O objetivo de Tannure foi demonstrar prova do que ela acabara de dizer em seu sermão, de que as pessoas acabam julgando simplesmente pela aparência as outras pessoas, através de esteriótipos e estigmas superficiais que todos nós carregamos em nossa bagagem.

A figura de Ana Paula Valadão foi utilizada tendo em vista que a mesma possui entre os evangélicos uma fama de que é possuidora de muitas riquezas, tendo em vista que 90% das composições do Diante do Trono são de autoria dela, o que dentro de uma esfera de cerca de 10 milhões de cópias vendidas de seus álbuns, deve gerar um lucro bastante considerável. A cantora também se veste muito bem, mora nos EUA, e possui influência em diversos setores evangélicos e não-evangélicos pelo Brasil.

Ana Paula Valadão não é rica

Helena disse que, embora as pessoas tenham essa imagem de riqueza por parte da Ana Paula Valadão, a mesma "Não é rica", e, segundo Tannure, todo o dinheiro arrecadado pela líder de louvor durante todos esses anos de ministério, foram investidos em missões: "As aparências enganam", completou.

Segundo a ex-back-vocal, nem mesmo quando o Diante do Trono estava em seu auge, por volta de 2000/2003, a Valadão ostentava, e inclusive morava de aluguel.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Música

Helena chegou a dizer também que nesse período Ana Paula possuía uma caixa de frutas perto de sua cama "que ela forrava com um paninho", segundo ela. Nessa época, o Diante do Trono chegou a vender quase 1 milhão de álbuns por ano, e fazia diversos shows pelo Brasil, cobrando altos cachês devido a banda possuir 50 membros nesse período.

Outro fator destacado foram as gravações dos álbuns. Somente o DVD gravado em Recife em 2008 (A Canção do Amor), foi pago.

Os outros ajuntamentos foram todos abertos ao público, que sempre comparecia de forma irrestrita: 1,5 milhão em Brasília (2002), 2 milhões em São Paulo (2003) e 1,2 milhão em Salvador (2004).

"De onde saiu esse dinheiro?", questionou Helena, que prontamente respondeu, afirmando que Ana Paula Valadão abria mão de seus direitos para que o dinheiro arrecadado fosse investido para a produção de outros materiais, e o valor que sobrava era enviado à Índia, onde o grupo mantém um lar de recuperação para crianças alvo da prostituição infantil: "Quantas meninas foram tiradas da prostituição pelo ministério Diante do Trono?", concluiu.

Assista:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo