J K Rowlling não é conhecida por se envolver em polêmicas e brigas nas redes sociais, mas ela acabou virando noticia, após adotar uma atitude anti-machista que acabou viralizou na internet. A resposta educada e direta da autora fez todas as mulheres apoiarem sua atitude.

A eterna mãe da saga Harry Potter foi aplaudida, não só pelos fãs mas todas as mulheres que acharam digna a sua posição diante de uma tentativa de "Mansplaining", que uma autora americana sofreu.

O que é "Mansplaining"? Essa é uma forma usada para chamar a atitude que alguns homens tem de querer diminuir uma mulher ao explicar algo óbvio para ela, como se ela não tivesse capacidade intelectual de entender.

A autora Laura Kalbag, estava divulgando o seu novo lançamento, o livro "Acessibility for Everyone", nas suas redes sociais, quando um homem resolveu tirar sarro dela, dizendo que ela não sabia fazer o seu trabalho, pois não entendia o significado da palavra publicação.

O homem, identificado como Erik Spiekermann, comentou a publicação de Laura dizendo que ela não sabia o significado de publicar uma obra e escrever um livro.

No comentário machista, ele diz que ela só escreveu um texto e que foi preciso outras pessoas para transformar seu texto em livro. Laura era apenas uma escritora, por isso não poderia dizer que estava "publicando um livro".

Sendo seguidora do trabalho de Laura, a também colega de escrita, J.

K. Rowling, saiu em defesa dela com um comentário dizendo que outras pessoas podiam ter editado, revisado, imprimido e veiculado o que ela escreveu e que ela deveria estar orgulhosa disso.

Vendo que estava acontecendo com Laura, outras mulheres começaram a denunciar a atitude de Erik como machista de opressora e a elogiar a atitude da autora de Harry Potter.

Depois de passado toda a polêmica virtual, Laura disse que pensaria melhor antes de enviar algum novo texto para sua conta no Twitter.

Sem dúvida, o "mansplaining" é uma das muitas formas covardes de se reduzir a capacidade de uma mulher. Mulheres e homens, mesmo após anos, ainda estão discutindo a superioridade dos sexos na sociedade e isso e uma grande atraso na sociedade. O mundo não precisa ser dividido entre Homens e Mulheres, entre Machos e Fêmeas entre X e Y. Todos nós somos seres humanos com defeitos, habilidade se qualidades, mas alguns ainda acham que podem ser superior o outro, apenas por ter mais Testosterona.

Atitude de J. K. Rowling mostra que não importa a forma que um preconceito tome, é nossa responsabilidade não deixar que ele cresça e responder de forma educada e direta. Sem agressões, palavões ou violência.

Deixe seu comentário.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo