A crise atinge a todos. Mesmo o mundo futebolístico, conhecido por movimentar cifras milionárias não escapa. As leis brasileiras são bem rígidas quanto ao não cumprimento das obrigações que diz respeito à pensão alimentícia. Mesmo assim, vários jogadores Famosos resolveram arriscar a sorte e não pagaram as pensões de seus filhos. Vejamos quatro casos de atrasos de pensão entre jogadores famosos:

Roberto Carlos

O lateral esquerdo da seleção pentacampeã mundial tem nove filhos ao todo, porém não está pagando a pensão de dois deles, fruto de seu relacionamento com Barbara Thurler.

A dívida chega a 61 mil reais. O jogador tentou parcelar a quantia com uma entrada de 34 mil e mais 13 parcelas 2 mil reais, porém a proposta não foi aceita. Ele mora na Espanha e trabalha como embaixador do Real Madrid na Ásia e Oceania. Segundo a juíza que cuida do caso, o ex-atleta não apresentou nenhuma justificativa para o atraso e nem incapacidade de pagamento, desta forma, ele deve retornar ao Brasil para cumprir a pena em regime fechado até a quitação total da dívida. Caso não cumpra a ordem, será emitida uma ordem internacional de prisão. Roberto Carlos poderia ser preso em qualquer lugar do mundo.

Edilson “ Capetinha”

O caso do ex-atleta Edilson “Capetinha” já é recorrente. Ele foi preso em 2014 e 2016 por atrasar a pensão alimentícia de seus filhos. Agora, em 2017, o jogador de 45 anos ficou quatro dias atrás das grades na sede da Polinter, na Bahia, por dever uma quantia de pouco mais de 25 mil reais. Edilson, ex jogador do Corinthians, juntamente com seus advogados, questionam o valor da pensão e entraram com um processo pedindo revisão da mesma.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Romário

O agora senador Romário já teve seu dia de prisioneiro em 2009, quando atrasou a pensão de dois de seus filhos. O ex jogador chegou a acumular uma dívida de 89 mil reais e passou uma noite na cadeia até entrar em um acordo com a mães das crianças. Não foi a primeira vez que a ex-mulher, Mônica Santoro, deu queixa contra o Baixinho por falta de pagamento. Em 2004, ele também teve que prestar esclarecimentos à Justiça por causa de atrasos que chegavam a 140 mil, mas dessa vez não chegou a ser preso.

Fábio Bilica

Outro caso de prisão por atraso de pensão é de Fábio Bilica. O ex jogador da seleção sub-23 passou uma noite na carceragem da polícia por dever pouco mais de 17 mil reais. O jogador atuou por times como Grêmio da Europa, além de defender a camisa da seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Atenas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo