Luciano Huck, um dos apresentadores mais carismáticos e queridos da televisão brasileira, tem se envolvido em muitas polêmicas ultimamente. Após mostrar seu apoio político a candidatos da direita do Brasil, como Aécio Neves (PSDB) e João Dória (PSDB), e ser fotografado em campanha política com eles, fãs de Luciano quiseram saber se ele seria candidato à presidente da República.

A proximidade política do apresentador com governantes de diversos escalões despertou a curiosidade do povo e uma enquete revelou que algumas pessoas votariam nele para presidente, caso se candidatasse.O apresentador, apesar de ter ficado em última colocação no ranking. A história rodou a internet e muitos portais comentaram o acontecimento.

Luciano Huck compara salário de professores a complemento na renda

A novidade do momento é que Luciano Huck teria feito pouco caso dos professores brasileiros em uma campanha 'educacional' voltada para uma - pasmem - faculdade particular com centenas de professores contratados. Os mestres não gostaram do deboche do apresentador e fizeram-se representar contra ele na internet e em fóruns que discutem educação no Brasil.

A instituição, a Universidade Anhanguera, tomou o veredicto contra o apresentador da Globo, que defendeu-se logo em seguida.

"Torne-se professor e aumente sua renda", anunciou o apresentador de televisão no curso de Formação Pedagógica da Anhanguera. Muitas pessoas se sentiram ofendidas e os professores brasileiros decidiram manifestar sua indignação na web.

"Um país onde o Luciano Huck divulga a profissão de professor como um ‘complemento de renda’ não tem como dar certo", afirmou um internauta.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

"Ele ganha milhões e menospreza os professores. É essa pessoa que quer falar sobre educação? Recebemos um complemento na renda e isso é normal? Fora, Luciano Huck! Não queremos você nos representando. Pegou mal, Anhanguera. Uma instituição séria não chama paspalhos como estes para falar sobre educação", protestou outra pessoa na internet.

"Vamos montar um protesto contra ele canalha que diz que a gente vai aumentar a renda fazendo o que nos dignifica", disse outra pessoa pelo Twitter.

Faculdade pede desculpas após propaganda polêmica com Luciano Huck

Após muita discussão e críticas, a Anhanguera, instituição sediada em São Paulo, decidiu se pronunciar sobre o caso.

Em uma nota oficial, a faculdade assumiu que errou ao pedir que Luciano Huck falasse que a renda do professores iria aumentar se dessem aula lá.

"Por fim, esclarecemos que, esta campanha, em específico, não foi submetida à análise prévia de Huck e de sua equipe", defendeu a instituição por meio da nota.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo