Morreu na manhã desta quinta-feira (17), o humorista da Rede Globo Paulo Silvino. Paulo lutava contra um câncer de estômago desde o ano passado. Porém, a doença se agravou nos últimos meses e Paulo acabou não resistindo. Ele morreu em sua casa no Rio de Janeiro onde recebia os cuidados de sua família.

Segundo informações do site G1, o humorista foi submetido, no ano passado, a uma cirurgia para retirada do câncer, porém, a doença se espalhou para outros órgãos do corpo.

Quem avisou os fãs da morte de Paulo de Paulo foi seu filho mais novo, o ator João Paulo Silvino. "Que Deus te receba de braços abertos meu pai amado". Isabela Silvina, filha do humorista, também lamentou a morte do pai. Ela agradeceu aos amigos e tranquilizou os fãs dizendo que ele faleceu sem sofrimento.

Nas redes sociais, centenas de fãs prestam suas homenagens ao humorista. “Que tristeza ele era uma pessoa boa “, “Gostava muito dele, vamos sentir muita falta”, “Paulo Silvino gratidão por sempre ter levado seu Humor nas noites de sábado com seu cara crachá!

Você vai ficar na lembrança de muitos! Vai com Deus! Meu sentimento a família”, “Ficará pra sempre nas nossas memórias grande humorista ...Hoje perdemos um grande ator ...Hoje o céu ganhou uma grande estrela vamos sentir saudades. Vá em paz”, escreveram os internautas.

Paulo ganhou fama na TV com seus inúmeros personagens e bordões. Ele começou na Rede Globo no ano de 1966 com o programa “Canal 0”, em que ele satirizava programas da TV.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

O humorista costumava dizer que nasceu para sua profissão, no entanto, acabou a descobrindo por um acaso. Ele dizia que não tinha timidez com as câmeras e que isso o ajudava bastante durante as cenas. “O riso do cinegrafista é o meu termômetro”, dizia Paulo.

Mas Paulo já nasceu em uma família de artistas. Seu pai era o comediante Silvério Silvino Neto, sua mãe era a pianista Noêmia Campos Silvino, com quem Paulo tinha aulas de canto.

O último trabalho do humorista na Rede Globo foi no programa Zorra Total, em que ele dava vida ao porteiro que fazia o reconhecimento das pessoas através do “Cara, crachá, cara, crachá”.

Vários famosos já usaram das redes sociais para se despedir do humorista. Betty Faria comentou sobre a perda do colega de profissão. "Não estou conseguindo falar de emoção. É uma despedida, é a saudade de não conviver mais com a pessoa.

De cruzar pelo Projac, ver o trabalho”, disse a atriz.

Serginho Groisman também lamentou a morte do amigo. "Hoje o humor está triste", disse.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo