É quase impossível falar dos anos 80 e 90 sem mencionar Madonna. Apontada como a artista feminina mais bem-sucedida de todos os tempos, a cantora completa nesta quarta-feira (16) 59 anos de idade, dos mais de 30 de carreira. No cinema, já atuou em mais de 20 filmes, como Evita, de 1997.

Madonna Louise Veronica Ciccone nasceu em Bay City, uma cidade do estado de Michigan, nos Estados Unidos. Em 1977 se mudou para Nova Iorque para seguir carreira de dança moderna.

Após fazer parte dos grupos musicais Breakfast Club e Emmy, lançou seu primeiro disco em 1983 e, desde então, vários hits seguem sendo bastante lembradas e executadas, como “Crazy For You”, “Papa Don't Preach”, “Like a Prayer”, “Vogue” e “Like a Virgin”.

Sua discográfica é composta por 13 álbuns de estúdio, além e três ao vivo, e três remixados, tendo vendido mais de 300 milhões de alguns e 160 milhões de singles em todo o mundo.

Ela é a segunda cantora feminina que mais vendeu discos no território americano, só ficando atrás de Barbra Streisand. Na Música recebeu mais de 300 prêmios.

Sua carreira também foi marcada por ousadias e polêmicas, acabou com tabus e chocou a sociedade conservadora, como no videoclipe “Like a Prayer”, que misturou religiosidade com um toque de sensualidade, o que desagradou muitos religiosos.

Sua primeira apresentação no Brasil foi em 1993, durante a turnê "The Girlie Show", com shows nos estádios do Morumbi e Maracanã.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Música Cinema

Quinze anos depois, em 2008, retornou para a turnê "Stick and Sweet". Na época em quem mantinha um relacionamento com o modelo Jesus Luz esteve no país outras vezes para tratar de assuntos de seus projetos socais e também conhecer o carnaval.

Abaixo listamos as cinco músicas mais tocadas da carreira da cantora:

Vogue

Lançada em 1990, a música ficou em primeiro lugar nas paradas dos Estados Unidos e Reino Unido.

Like a Prayer

Um dos hits mais polêmicos da cantoria, foi lançado em 1989 e o videoclipe com símbolos religiosos e até mesmo cruzes pegando fogo desagradou até o Papa João Paulo II. Até hoje é cantada nos shows da cantora.

4 Minutes

Gravada em 2008, foi uma das mais tocadas no Reino Unido, ficando 27 semanas no top 40 de lá.

Papa Don't Preach

Hit do álbum "True Blue" de 1986 não pode ficar fora de qualquer lista.

Live To Tell

Outra canção que fez parte do álbum “True Blue” foi trilha sonora do filme "Caminhos Violentos", estrelado pelo então marido da cantora Sean Penn.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo