Marcelo Rezende ainda não está curado. Segundo os médicos, aliás, estaria longe disto. Seu drama começou no início do ano, quando o apresentador do ‘’Cidade Alerta’’, da RecordTV, descobriu um câncer no pâncreas que se expandiu para o fígado. Pela literatura médica, apenas 1% dos pacientes acometidos deste tipo de câncer acabam sobrevivendo.

Desde então, ele tem tentado vários tratamentos, inclusive não tradicionais, como um com pouca ingestão de carboidratos, tentando ‘’matar’’ as células de câncer de fome, produzindo a cetose.

O apresentador também tem contado com a fé para se recuperar, mas os médicos não tem aprovado a escolha de Marcelo Rezende em abdicar do tratamento convencional, que seria a quimioterapia.

O apresentador optou por cessar as sessões de quimioterapia, já que ele chegou a dizer que com o tratamento ele morreria mais rápido.

Marcelo Rezende abandonou o tratamento tradicional com quimioterapia e médicos condenam atitude

Numa última internação numa clínica de tratamento alternativo, Marcelo Rezende acabou dando uma notícia que assustou muitos, ele estaria abandonando a quimioterapia.

O apresentador da Record fez apenas uma sessão do tratamento, mas se sentiu muito mal e procurou alternativas à quimio.

Os médicos são categóricos em dizer que a escolha de Marcelo Rezende é incorreta e aumentam significativamente as chances dele morrer. Se antes já eram pequenas, por volta de 1%, as chances sem a quimioterapia se reduzem pela metade, ou seja, 0,5%.

Especialistas ainda foram ouvidos e o site de notícias UOL trouxe resultados de uma pesquisa feita pelo Instituto Nacional de Câncer dos Estados Unidos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Segundo os resultados, pacientes que adotam tratamentos alternativos acabam morrendo com mais frequência que os que adotam o tratamento adicional.

Entretanto, o estudo também não descarta as orações, por exemplo, que, segundo o estudo, trazem mais autoestima para o paciente e podem, combinadas com o tratamento tradicional, melhorar as condições do enfermo.

A pesquisa ainda revelou que quanto maior o nível de instrução do enfermo e quanto mais dinheiro, os pacientes tendem a escolher formas alternativas de tratar o câncer.

Tudo porque eles passam a desconfiar da ciência. Uma máxima que passa a vigorar no meio de pessoas neste perfil é que médicos querem ganhar dinheiro com operações, procedimentos e a indústria de medicamentos lucrar com a doença. Por conta disto, é comum atitudes como a de Marcelo Rezende, com o perfil de enfermos como o dele.

Marcelo Rezende afirma que seguiu um pedido de Deus

Marcelo sempre justifica sua decisão como sendo um clamor de Deus para sua vida.

Acusado de ter sido covarde por não aguentar os efeitos colaterais do tratamento tradicionais, Marcelo, em último vídeo gravado, declarou que sua atitude foi difícil e que teria partido de Deus o chamado.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo