Foi andando em um tapete vermelho e segurando o troféu no topo da cabeça que a participante Michele Crispim demonstrou aos fãs que ganhou a quarta temporada do MasterChef Brasil, da Band. A final foi ao ar na noite desta terça-feira (22) e foi considerada a mais emocionante de todas as temporadas.

Também foi vista como a que apresentou os pratos mais saborosos, principalmente no programa final. "Hoje comi bem, vocês foram espetaculares. E posso dizer que elevaram o nível do Masterchef, incluindo os profissionais", disse o chef Eric Jacquin, um dos jurados.

Considerada favorita entre os telespectadores, Michele disputou a final com Deborah Werneck e levou para casa não só o troféu MasterChef Brasil, como também uma bolsa de estudos na Le Cordon Bleu, escola de Gastronomia de Paris, na França, e um vale-compras de R$ 1 mil mensais durante um ano na rede Carrefour de supermercados. Ela também embolsa uma quantia de 200 mil reais. Esta é a segunda vez que a final aconteceu com duas mulheres.

Radiante com o resultado, a catarinense disse, antes de saber da vitória, que o programa mudou a sua vida e a incentivou no gosto pela Culinária.

"Sonhei em estar neste lugar e na oportunidade que o programa poderia me proporcionar. O MasterChef é a prova da força da mulher, que quando encontra um desafio pela frente não desiste. E fico feliz em poder representar isso", afirmou.

Os dotes de Michele foram elogiados por Jacquin, que não cansou de tecer elogios à participante. "Eu tinha certeza que você tinha talento. Durante esta temporada muitos acreditavam que você ia deixar o programa, mas você cozinha com o coração e é exatamente por isso que conseguiu chegar à final", ressaltou.

Bastante emocionada, Paola Carosella também fez questão de falar algo especial para as participantes. "Vocês não esperavam o que ia acontecer. A gastronomia precisa ser honrada e amada e tenho certeza que vocês sentiram isso e que este sentimento mudou a vida de vocês. As duas têm talento de sobra e darão muito certo nesta área. O MasterChef abriu as portas e agora vocês podem fazer o que quiserem", ressaltou.

As provas da final

Em clima de gala, Michele e Deborah tiveram que cozinhar um menu com entrada, prato principal e sobremesa sob a supervisão de familiares e ex-participantes desta temporada. Deborah apostou na farofa e preparou de entrada farofa de bacon, vieira salteada com aioli de azedinha e chips de mandioquinha; de prato principal, farofa de castanha e lagosta com chuchu laminado; e de sobremesa, farofa de pistache e folhado de tangerina.

Já Michele garantiu a vitória cozinhando tutano com crosta de cogumelos e farinha panko de entrada; cupim recheado com pupunha e purê saborizado de alho poró de prato principal; e tartar de abacaxi, hortelã, limão e tapioca com baba de moça e leite de coco de sobremesa.

"Apresentei um cardápio com receitas mais complexas, pois minha adversária era boa e eu sabia que precisava surpreender. Por isso, investi em pratos com alto nível de dificuldade. Valeu a pena o risco", comemorou Michele.

Não perca a nossa página no Facebook!