Faleceu na manhã desta quinta-feira (17) o ator e comediante Paulo Silvino, de 78 anos, vítima de câncer no estômago. De acordo com as informações contidas no portal de notícias online do jornal 'O Globo', o ator morreu em sua residência, localizada na Barra da Tijuca.

A informação da morte do ator foi dada por seu filho através do seu perfil pessoal no Facebook, João Paulo Silvino fez uma homenagem ao pai: "Que Deus te receba de braços abertos meu pai amado".

Câncer

Paulo Silvino descobriu que estava com câncer no estômago em julho de 2016 e chegou até a fazer uma cirurgia naquela ocasião. Contudo, vinha travando uma dura batalha contra a doença nestes últimos meses, e foi vencido na manhã desta quinta-feira.

Carreira

O ator começou sua carreira no rádio, como tantos outros atores renomados de sua geração e se tornou conhecido do grande público, quando começou a atuar na TV Globo.

Silvino caiu no gosto popular devido aos seus bordões hilários. Na Globo ele atuou em muitos programas, entre eles, "Faça Humor, Não Faça Guerra" (1970), "Satiricom" (1973), "Planeta dos Homens" (1976) e "Zorra Total" (1999). No "Zorra Total", que foi um dos seus trabalhos mais recentes, o seu bordão também se tornou famoso. No quadro do programa humorístico, ele dava vida a um porteiro 'Severino' que precisava liberar a entrada de algumas pessoas nos estúdios de gravação e por isso ele repetia sempre a frase: "cara e crachá".

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Televisão

Filho do comediante Silvério Silvino Neto e da pianista e professora Noêmia Campos Silvino, a veia artística falou mais alto. Em uma entrevista concedida ao programa 'Mémoria Globo', onde falou sobre sua carreira e profissão, ele revelou que a comédia veio por acaso e aconteceu naturalmente em sua vida. Paulo confessou que sempre teve muita facilidade em se comunicar e era bastante desinibido em frente ás câmeras, o que facilitou muito sua vida na TV.

Nesta entrevista ele revelou que seu termômetro nas piadas eram as risadas dos cinegrafistas, assim ele sabia se estava indo bem.

Paulo Silvino, nasceu no Rio de Janeiro em 27 de julho de 1939 e aos nove anos de idade pisou pela primeira vez em um palco de teatro. Na ocasião ele decidiu soprar as falas para um ator que atuava na peça junto com seu pai.

Enterro

Ainda não há informações sobre o velório e enterro do ator.

Famosos, amigos, familiares e colegas de trabalho, fãs e seguidores, lamentaram a morte do comediante. Veja algumas manifestações pela morte do ator nas redes sociais:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo