A manhã desta quinta-feira, (17), acordou com a triste noticia da perda de uma querida personalidade do humor nacional.

O ator e humorista Paulo Silvino faleceu em decorrência do câncer de estômago com o qual ele lutava há um tempo.

Ele tinha 78 anos e de acordo com a Central Globo de Comunicação, ele estava em sua residência na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, na hora de seu falecimento.

João Paulo Silvino, filho mais novo de Paulo, usou suas contas nas redes sociais para lamentar a morte do pai.

“Que Deus te receba de abraços abertos meu amado pai”, disse ele.

Segundo familiares de Silvino, ele passou por uma cirurgia no ano passado, (2016), mas o câncer continuou a se espalhar e a família optou que ele continuasse o tratamento em casa.

Paulo teve sua primeira participação na TV, no ano de 1966, na Rede Globo, como apresentador do humorístico “Canal 0”, que fazia sátiras a outros programas da televisão.

Ele era filho do comediante Silvério Silvino Nero, e cresceu no meio artístico, nas coxias dos teatros e convivia com os bastidores do rádio.

“Com 6 ou 7 anos eu frequentava os teatros que meu pai trabalhava. Ele contracenava com artistas com os quais eu vim a ser também colega mais tarde, como a Dercy Gonçalves e o Costinha.”, disse o ator em entrevista concedida ao “Memória Globo”.

O humorista declarou que a comédia foi algo que aconteceu naturalmente, que ele acreditava que poderia ser por sua desfaçatez, pois ele nunca se sentiu inibido diante das câmeras, que sempre se sentiu tranquilo diante delas e que isso facilitou sua carreira na televisão, e lhe trouxe muitas vantagens.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos

Ele disse que a expressão de risos dos cinegrafistas eram seu termômetro.

O sucesso veio no ano de 1983 quando Silvino participou do programa humorístico, “Viva o Gordo”, de Jô Soares. Ele também participou de “Faça Amor Não Faça Guerra”, e “O Planeta Dos Homens”.

Um dos personagens mais importante e queridos pelo público, que foi vivido por Paulo, foi o do porteiro “Severino”, com ele Paulo participou em muitos episódios do programa global “Zorra Total”, e ficou Famosos com seus bordões, “cara, crachá”, e “ai como era grande”.

Vários famosos estão consternados com a perda de Paulo e lamentam sua morte nas redes sociais, como Bruno Mazzeo e Serginho Groisman, que prestaram homenagem postando fotos com o humorista.

“Hoje o humor está triste”, escreveu Serginho na legenda de sua foto no Instagram.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo