A sétima temporada de Game of Thrones, que terminou no último domingo, 27 de agosto de 2017, foi marcada pelas viagens de teletransporte e a descaracterização de alguns personagens, que tinha atitudes não condizentes com sua evolução narrativa apenas para que grandes momentos pudessem acontecer em seguida. Porém, entre os pontos positivos do sétimo ano estão os encontros e reencontros de personagens queridos do público.

Alguns como aliados, outros como inimigos, todos os núcleos agora caminham para a conclusão na oitava temporada, enquanto a sétima reorganizou as peças no tabuleiro da série, exibida pela HBO.

Então vamos discutir quais foram os melhores encontros e reencontros de personagem nesta sétima temporada:

Arya Stark e Torta Quente

Um reencontro inesperado! Após a vingança de Arya Stark contra a Casa Frey e seu encontro com Ed Sheeran "Lannister", o enredo caminhava para mais uma "longa" viagem no núcleo de Arya.

Não era de se imaginar que ela reencontraria em uma estalagem seu amigo cozinheiro Torta Quente. O personagem fez uma breve aparição que ajudou ainda mais a humanizar "Ninguém" e a colocou rumo à Winterfell, algo que os fãs queriam ver acontecer desde que Ned Stark foi assassinado em Porto Real.

Euron Greyjoy e Cersei e Jaime Lannister

Quando Cersei ficou sem aliados para a guerra contra Daenerys, e Euron ficou sem seus navios com a fuga dos seus sobrinhos para Essos, era de se imaginar que os dois iriam se unir para lutarem juntos uma guerra contra a Mãe dos Dragões.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Seriados Game Of Thrones

Mas, após uma passagem indiferente na temporada anterior, Euron Greyjoy entrega um ar de frescor à trama. Com seus trejeitos e discursos insanos, o personagem se reinventou e trouxe uma melhor dinâmica ao núcleo Lannister. Agora que Jaime já não está ao lado de Cersei, poderemos ver uma aproximação ainda maior do melhor capitão com a melhor rainha louca da série.

Olenna Tyrell e Jaime Lannister

Um discurso que durou poucos minutos.

Um encontro entre as questionáveis sabedoria e honra de dois personagens que defendem suas famílias até a última consequência. Um dos pontos do roteiro que surpreendeu os fãs foi a morte de Olenna Tyrell, envenenada, mas não sem antes dizer algumas verdades ao Jaime, entre elas, a responsabilidade dela na morte do amado rei Joffrey. A Rainha dos Espinhos teve uma das mortes mais dignas de toda a série.

Jon Snow e Daenerys Targaeryen

O encontro de gelo e fogo! George R. R. Martin, autor das Crônicas de Gelo e Fogo, declarou em uma entrevista que todo o enredo dessa história caminhava para o encontro entre Jon Snow e Daenerys Targaryen. Após um primeiro embate sobre juramentos e erros dos seus antepassados, o respeito logo surgiu nessa relação entre os dois Reis. A dinâmica entre os personagens não soou forçada, como muitos temiam, fazendo total sentido a relação amorosa que surgiu entre ambos (com exceção ao luto após a morte de Viserion, este ficou esquisito, não condizente com a trama).

Os últimos Stark

Quando Sansa Stark voltou à Winterfell com Jon, muitos já esperavam que os outros Stark acabassem passando por lá. Após a saída do Rei do Norte, Bran chegou de volta ao seu lar como O Corvo de Três Olhos. Mas foi a chegada de Arya Stark e o seu reencontro com seus dois irmãos que aqueceu o coração dos fãs. Agora todos os Starks, exceto o Jon, estão em casa. Cada um com suas habilidades únicas, conseguiram se livrar de um dos maiores jogadores da trama: Mindinho.

Brienne de Tarth e Sandor "Cão de Caça" Clegane

Um diálogo breve! "Eu pensei que havia te matado... Você deixou Arya sozinha, quem irá defendê-la?" A conversa entre Brienne e o Cão mostrou como os dois personagens são tão parecidos como guerreiros. A honra de ambos os levou a protegerem Arya e se enfrentarem mortalmente por isso. Agora, Arya não precisa de ajuda. Eles seguiram suas tramas e caminham para a batalha que importa.

Daenerys Targaeryen, Cersei Lannister e Jon Snow

Daenerys chegou com tudo montado em Drogon, mas Cersei não se deixou abalar e imediatamente questionou o atraso da Mãe dos Dragões. Não houve muita interação entre as duas personagens, cabendo ao Jon interagir mais com Cersei. Mas foi, enfim, a reunião de quase todo o elenco da série em um mesmo local. A tensão entre eles poderia ter sido maior, mas a trama caminhou bem ao apontar as diferenças entre os possíveis reis de Westeros.

Tyrion Lannister e Cersei Lannister

Reencontro muito esperado pelos fãs, um diálogo como há muito não se via na série. Peter Dinklage e Lena Headey mostraram que, além de interpretarem dois dos melhores personagens de toda a dramaturgia, são atores fantásticos. Cada olhar entre os irmãos Lannisters significaram muito.

Dragão de Gelo e Muralha

O dragão de gelo é novo. A muralha está lá há anos. O encontro entre essas duas entidades resultou em uma das cenas mais lindas de toda a série e não poderia deixar de ser citado nesta lista.

Agora vejamos se Rhaegon e Drogon poderão enfrentar Viserion, em um reencontro que também promete momentos épicos! Confira também oito coisas que queremos ver na oitava temporada de Game of Thrones.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo