Se você foi um adolescente na década de 90 e dos anos 2000 com certeza se lembra do filme ‘A Lagoa Azul’. Além de ser um dos mais reprisados da história da Sessão da Tarde, da Rede Globo, ele também é um dos mais conhecidos em todo o país.

Por causa das repetições, muitas pessoas começaram a literalmente ‘ter raiva’ do filme. Porém, sua história e personagens acabaram de alguma forma ficando marcados para sempre na mente e no coração dos brasileiros.

Ele conta a história de duas crianças isoladas em uma ilha paradisíaca. Sem nenhum contato com a civilização, as crianças crescem sozinhas, tendo que aprender a sobreviver além de enfrentar a chegada da puberdade. Quando isso acontece, eles acabam se apaixonando, a partir de então. começam a descobrir o real sentido da vida.

O filme foi lançado nos Estados Unidos em 1980 e rapidamente se tornou um grande sucesso comercial, arrecadando cerca de 50 milhões de dólares.

No Brasil ‘A lagoa azul’ foi exibida inúmeras vezes pela Sessão da Tarde, sendo dublado pelo estúdio Herbert Richers, conhecido por dublagens de personagens e desenhos famosos.

Apesar do filme parecer uma fatídica história de dois jovens que precisam sobreviver sozinhas em uma ilha, ele conta com alguns elementos que chamam a atenção.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Cinema

Um deles é a descoberta de uma civilização perdida na ilha que aparentemente fazia sacrifícios humanos. Antes de morrer, Paddy que cuidava até então das crianças as avisou sobre os perigos desse outro lado oculto da ilha. Usando o termo ‘Bicho Papão’, ele explica que elas nunca devem chegar ao outro lado, porém, como eles são curiosos, acabam se aventurando na descoberta de novas aventuras.

Uma das coisas que chama a atenção no filme é a forma com que os protagonistas vão se conhecendo.

Além de terem que enfrentar perdas difíceis, ele também tem que lidar com a chegada da adolescência. Além disso, os dois jovens acabam se apaixonando, o que transforma totalmente o sentido final do filme.

Com certeza esse é um daqueles Filmes inesquecíveis que dispensam apresentações. Provavelmente você se lembra de um dos protagonistas mais importantes da Lagoa Azul, o ator Christopher Atkins, que interpretou o personagem Richard.

Na época, Christopher era bem jovem e chamava a atenção por sua beleza física. Hoje, após vários anos do término do filme, o ator mudou completamente seu visual e demonstra estar em forma com seus 56 anos de idade.

Com certeza ele fez parte da infância de muitas pessoas e merece todos os créditos pelas inúmeras horas de diversão e, claro, reprises na Sessão da tarde.

Veja como o ‘Richard’ da Lagoa Azul está atualmente:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo