Um dos religiosos mais famosos do Brasil e que influencia muito o público com sua visão de mundo e cristianismo, o Padre Fábio de Melo admitiu, no dia 11 passado, estar sofrendo com um complicado transtorno mental, que acomete muitas pessoas e tem sido cada vez mais discutido devido a sua importância: a síndrome do pânico.

Em uma postagem em sua conta na rede social Instagram, ele contou que, devido a um episódio muito complicado de pânico que vinha enfrentando, tinha decidido cuidar melhor da saúde mental e começado a tomar remédios.

Ele também esclareceu o público acerca dos possíveis motivos que o levaram a uma piora em seu quadro: a responsabilidade que sua função exige dele.

Longe de não gostar do que faz, muito pelo contrário, ele admitiu que precisava buscar ficar bem para que pudesse desempenhar seu papel diante do público. Por isso, o padre recorreu à psiquiatria.

A postagem do padre repercutiu muito entre seus seguidores.

Afinal, o sacerdote é muito famoso nas redes sociais por seus tweets engraçados e vídeos espontâneos no Facebook e no aplicativo Snapchat. O público lamentou muito que Fábio de Melo viesse passando por um episódio tão complicado e, desde então, vem torcendo por sua melhora.

Em uma entrevista para o Fantástico, da Rede Globo, exibida no último dia 20, o padre reafirmou estar convivendo com este transtorno e disse que algumas vezes ele havia até mesmo se escondido embaixo da cama por medo.

Para quem não sabe, a síndrome do pânico é um transtorno de ansiedade que leva quem o possui a ter uma constante sensação de medo e de perigo. Falar em público, como o padre faz constantemente, também se torna mais complicado, assim como frequentar lugares onde existam aglomerações.

Segundo ele, a experiência com a síndrome o fez desenvolver "mais respeito pelo sofrimento". O padre também tem buscado contar com o apoio da família, especialmente de sua mãe, pessoa a quem mais recorreu quando suas crises vinham com demasiada força.

"Teve um dia que meu desespero era tão grande que eu não queria falar com outra pessoa que não fosse ela", disse.

O padre segue com o tratamento e tem se mantido ativo nas redes sociais, buscando manter as mesmas atitudes de antes. Recentemente, ele e o ex-apresentador do Jornal Hoje, da Globo, Evaristo Costa trocaram provocações engraçadas após serem comparados no Twitter.

Muitos acham que pessoas como o padre não têm problema, e aí o Senhor vem e coloca a vida pessoal, assim, aberta para todos, deixando claro o quanto é igual a nós.

“Estará em minhas orações!”, escreveu uma fã.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo