Ao que parece, os avisos dos fãs e seguidores de Emilly Araújo, a campeã do Big Brother Brasil 2017, estão começando a incomodar a família da gêmea. O fato é que, de acordo com uma entrevista de Mayla, a irmã já gastou boa parte do dinheiro e o que restou, de acordo com ela, Emilly não quer mexer ainda mais. Por isso, segundo essa entrevista, existe a possibilidade da Família Araújo desistir de ficar no Rio de Janeiro e voltar para a sua terra natal, em Eldorado do Sul, no Rio Grande do Sul.

Mayla deu entrevista ao TV Fama, da Rede TV!, e contou que Emilly precisou resolver muitos problemas financeiros da família.

Ela revelou que, para manter as contas da família e sustentar a todos, Volnei Alves precisou se esforçar muito e, muitas vezes, precisou se endividar. No entanto, a gêmea revelou que todas as dívidas que existiam foram pagas com parte do prêmio do reality show. Muitos seguidores do BBB, no entanto, desconfiavam da gana de Emilly para ganhar esse valor financeiro que era muito importante para ela. No final do programa, inclusive, ela chegou a se afastar do seu ex-namorado e de outro amigo para que chegasse até a final, sozinha.

“Um milhão e meio de reais é muito dinheiro, mas não tanto para comprar um apartamento e temos a nossa casa no Sul.”, contou a gêmea. Ela revelou que todo esse dinheiro não era o suficiente para que a família pudesse comprar um apartamento no Rio de Janeiro, pois, na região onde eles estão morando atualmente é de classe alta, muito caro.

De acordo com algumas informações, hoje Emilly paga cerca de R$ 11 mil de aluguel para viver na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

‘Não sei se vamos continuar morando aqui’

Mayla lembrou que a presença da família Araújo no Rio de Janeiro não é algo certo. Principalmente porque Emilly não vem tendo sucesso na realização do seu sonho de ser uma atriz global.

Ela não conseguiu um papel na nova Malhação, não foi chamada para participar da nova temporada de Os Trapalhões e vem encontrando dificuldades para participar de eventos como VIP.

Com isso, Mayla lembrou na entrevista que, caso a sua família volte a ser o que era antes, vivendo uma vida simples e humilde, eles não terão problema em voltar para a terra natal e investir no comércio de lá.

“A gente sempre viveu uma vida humilde.”, conta a gêmea. Apesar das frustrações, Emilly ainda tem um contrato com a Rede Globo de Televisão e recebe um salário por volta de R$ 3 mil até janeiro do próximo ano. Depois do início de 2018, o futuro de Emilly e da sua família é incerto.

Não perca a nossa página no Facebook!