Inês Brasil é um dos principais símbolos do movimento LGBT e do feminismo no Brasil. Antes mesmo de esses movimentos ganharem as massas, a cantora já tinha uma legião de seguidores e inspirava outros cantores e artistas que estavam começando. Motivos para isso não faltam: Inês é uma mulher guerreira, independente, tem um passado sofrido, muitas vitórias conquistadas e o principal: sempre defendeu a causa gay e o direito das mulheres de terem independência total dos homens e liberdade sexual sem serem discriminadas.

Jair Bolsonaro, que está mudando de partido, por outro lado, nunca se deu bem com esses grupos. Por muito tempo, o deputado foi ignorado por eles, mas se tornou um dos piores inimigos ao pregar contra o material escolar anti-homofobia, que ficou conhecido como Kit Gay. As desavenças do deputado com a deputada Maria do Rosário também fez aumentar as animosidades entre bolsonaro e grupos pró-feminismo.

Por isso, muita gente ficou extremamente surpresa ao descobrir que a mesma Inês Brasil, que chega até a tirar a roupa durante shows em baladas GLS, apoiou aquele que é considerado, pelo movimento LGBT, como um dos seus principais inimigos. Foi a própria Inês que, ao perceber a presença do deputado em um aeroporto no último domingo (27), aproximou-se dele e pediu para tirar uma foto. Veja o vídeo abaixo na página do deputado:

Como se vê no vídeo, Inês Brasil disse acreditar que Bolsonaro não seja homofóbico, ressaltou que todos são filhos de Deus e afirmou repetidamente que não devemos julgar o próximo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro

Inês também pediu que as pessoas não fizessem justiça com as próprias mãos, mas procurassem a polícia. Não ficou explícito a que ela se referia com tal declaração, mas tudo leva a entender que seu discurso tratou da violência contra as mulheres e homossexuais.

Inês ainda pediu que Bolsonaro dissesse "Viva o LGBT", mas o parlamentar se negou e, sorrindo, afirmou: "Aí você pegou pesado!". Depois, o deputado teve uma postura mais conciliadora, disse que deseja apenas felicidade aos Gays e afirmou que suas críticas seriam voltadas apenas contra a educação sexual nas escolas de Ensino Fundamental.

Críticas à postura de Inês Brasil

Inês Brasil já tinha se declarado contra o beijo gay em programas infantis em entrevistas anteriores, inclusive na TV aberta, no Programa “The Noite”, com Danilo Gentili. Entretanto, na época, suas palavras não tiveram repercussão negativa. Dessa vez, porém, a cantora vem sendo fortemente criticada em todas as suas redes sociais. Personalidades influentes na Esquerda, como a página da Dilma Bolada, estão pedindo boicote à cantora por apoiar o deputado.

Nos comentários do vídeo acima, muitos integrantes do movimento LGBT declararam que Inês Brasil perdeu seu lugar como diva do movimento e já elegeram novos símbolos, como a cantora Gretchen. No Twitter, a hashtag #boicoteinesbrasil foi um dos termos mais comentados pelos críticos e também por novos apoiadores da cantora. Estes últimos ficaram felizes ao ver um símbolo da Esquerda conviver em harmonia com o deputado de Direita.

Sob grande pressão, Inês Brasil se pronunciou em sua conta do Twitter dizendo que, enquanto alguns respondem ao ódio com mais ódio, ela responde com amor e sempre responderá assim. Dito isso, muitos a apoiaram, apesar de alguns terem mantido as críticas contra a aproximação com o deputado.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo