O ator Paulo Silvino, humorista de grande sucesso e com renomados trabalhos na TV, faleceu na quinta-feira (17), vítima de um câncer no estômago. O seu Velório acontece nesta sexta (18), no Memorial do Carmo, Rio de Janeiro. A viúva do artista, Giseli Silvino, revelou um desejo do seu marido, o que foi prontamente atendido pela família. Silvino estava muito triste no hospital e pediu para ser levado à sua casa e continuar o tratamento por lá. A família realizou esse pedido dele e o levou para casa.

Os momentos finais do humorista foram junto com sua esposa e filhos.

Um fato interessante relatado por Giseli é que, toda vez que ela passava perto dele, deitado em sua cama, ela via que ele estava com os olhos fechados, mas de repente ele abria e falava: "Eu estou bem". A viúva ficou com isso na cabeça e, toda vez que ela olha para ele no caixão, a impressão que se tem é que ele vai dizer que está tudo bem.

Giseli disse que o tempo junto com Paulo foi de grande alegria e ela só tem recordações boas.

Com lamentos, ela ressaltou que o marido morreu nos braços dela.

Momento difícil

Giseli comentou os minutos finais de vida do seu marido. Ele começou a passar mal às 7h e, quando ela chegou perto dele e o segurou, ele deu o último suspiro. Ela comentou que a vontade dela era que ele estivesse num hospital com todos os cuidados, mas respeitou a vontade do marido de ficar em casa.

A família também teve problemas com a burocracia para que fosse aceita a cremação do ator.

Foi preciso que todos os filhos assinassem no cartório uma autorização.

Paulo Silvino se destacou em vários programas de televisão. Ele estreou na TV Globo em 1966. Teve destaque em várias atrações, como "Balança Mas Não Cai", "Planeta dos Homens" e "Viva o Gordo". O seu último trabalho e que teve uma aceitação enorme do público foi no "Zorra Total", onde interpretou o porteiro "Severino".

Ele deixou três filhos, fruto do seu casamento com Diva Plácido.

Comoção

O clima de comoção tomou conta do velório. A viúva e os filhos estavam muito emocionados. O filho de Paulo, Flávio Silvino, que sofreu um grave acidente e quase perdeu sua vida, também estava muito triste e relembrou momentos da força que seu pai deu a ele para melhorar a sua saúde. Ele foi amparado no velório por amigos e familiares.

A atriz Betty Faria aproveitou a sua presença no programa "Encontro", de Fátima Bernardes, e também homenageou o ator. Ela disse que será difícil passar pelos corredores da emissora e não encontrá-lo mais.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!