Um das questões sociais mais sérias que atinge a todas as pessoas sem distinção de classes, raça, credo, nas grandes e pequenas cidades do Brasil, se deposita na relação antagônica entre segurança versus criminalidade, promovendo a instabilidade, insegurança e pavor mórbido em cada cidadão sujeito a ser mais uma vítima de criminosos.

E por falar em crime, a mais nova vítima do momento, junto obviamente com outros milhares de indivíduos pelo país afora, é o chef e jurado do programa reality show “Masterchef da Band, Henrique Fogaça.

Acontece que lamentavelmente o restaurante “Cão Veio”, o qual tem como proprietários o já mencionado Henrique Fogaça e também a Badauí, sendo esse último o vocalista da conhecida banda CPM22, foi palco de uma invasão e assalto de supetão por parte de dois bandidos que portavam armas de fogo durante a madrugada da última sexta-feira (15 de setembro).

De acordo com informações liberadas pela PM (Polícia Militar) responsável por patrulhar e garantir a segurança na região, os dois assaltantes entraram no estabelecimento aproximadamente a 1h, o qual está localizado na Avenida João Moura, no tradicional bairro de Pinheiros, Zona Oeste da capital paulistana.

Vale frisar que muito provavelmente a hora da invasão não foi uma simples coincidência já que os empregados do “gastropub” se preparavam para fechar a casa e acabaram sendo trancafiados no interior de uma despensa daquele recinto.

Os policiais que fizeram a diligência logo após o assalto não informaram se havia clientes ou não dentro do pub no momento da ação criminosa; que foi caracterizada pela agressividade e coação com tiros sendo disparados no intuito de provocar o pânico em quem estava no local.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia Masterchef

Testemunhas próximas conseguiram ligar para a PM, que não logrou êxito em capturar os ladrões, já que os indivíduos se evadiram escalando as coberturas e telhados das casas mais próximas ao restaurante para posteriormente ficarem escondidos em uma vila nas vizinhanças.

Até o horário das 8h da manhã ensolarada e quente da sexta-feira na Cidade de São Paulo, nenhum suspeito do assalto havia sido detido pelos policiais, que fizeram várias rondas na caça dos mesmos.

A título de esclarecimento, o 14º DP - Distrito Policial do bairro de Pinheiros deu começo a investigação.

Nem os sócios famosos do restaurante e nem tão pouco a polícia revelaram se os meliantes tiveram tempo suficiente para conseguir roubar dinheiro e outros pertences das vítimas; entretanto, o mais importante é que ninguém se feriu durante o assalto na calada da noite.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo