Na última quarta-feira (30), o vereador Otoni de Paula fez declarações ofensivas e polêmicas sobre a cantora Anitta. Ele disse que lamentava que uma artista tão talentosa como ela fizesse papel de “vagabunda de quinta categoria”, em suas próprias palavras, chegando a levantar a indagação:“cantora ou garota de programa?”.

Obviamente isso gerou um reboliço na internet. Não apenas a sua legião de fãs se exaltou, mas também até mesmo aqueles que não curtem tanto a artista.

Na sexta-feira seguinte ao comentário, Anitta respondeu ao posicionamento de Otoni de Paula, vereador do PSC-RJ.

A cantora da música “Paradinha” acusou o político de querer ganhar fama com declarações polêmicas sobre pessoas com grande notoriedade, pois ano que vem será um ano eleitoral e ele precisa ficar de alguma forma em evidência. Em seguida, ela postou um texto extenso no Facebook.

Anitta ironizou ao falar que se, caso o vereador estiver bravo com algum programa supostamente contratado com ela, que ela não tem culpa ou responsabilidade nisso, pois não trabalha no ramo da prostituição ou pornografia. Ela enfatizou que é cantora e empresária, e que seu trabalho proporciona emprego para quase 50 famílias diretamente.

A tréplica do vereador veio em tom “agridoce”. Ele inicialmente se desculpou, colocando a culpa do termo “vagabunda de quinta” em sua equipe e ainda disse que não a chamou de prostituta. No entanto, ele voltou a atacar.

Ele afirmou que viu uma imagem da artista que não condizia com uma profissional do gabarito dela. Falou ainda que ela tem o direito de ser sensual, mas que a sua preocupação se refere à influência que ela tem com o público infantil. Ele usou o termo “erotização de crianças”.

Ainda na sexta-feira, essa declaração fez os fãs da cantora se manifestarem novamente.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Anitta

O que mais era repetido é que a Anitta não podia ser responsabilizada por quem “consome” o seu material. Esse seria o papel dos pais das crianças, mencionou um dos seus fãs.

A cantora novamente rebateu o vereador, com uma resposta com teor mais politizado. Ela falou sobre a tristeza da falta de oportunidade e baixa educação de quem não tem condições financeiras. A aprovação automática que não estimula os alunos.

Ela ainda comentou sobre uma postagem realizada na pagina do vereador que se tratava de uma imagem repudiando a violência contra a mulher.

A cantora falou sobre a ironia de ele postar sobre esse assunto, depois de ter dito as coisas que ele falou para ela.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo